Entidades contam com doações de notas fiscais no final de ano

Créditos do Nota Paraná são consideradas fundamentais para manutenção de atividades de instituições sociais

Camila de Fatima Rosa
Camila de Fatima Rosa

Há três anos, o aplicativo Nota Paraná permite que os consumidores possam doar suas notas fiscais. Aqueles que optam por não colocar o CPF, podem destinar o documento para instituições sociais, em urnas instaladas em estabelecimentos comerciais. Com o crescimento no número das vendas no fim de ano, a expectativa de muitas instituições é de que as doações também aumentem e, consequentemente, os recursos que ajudam no sustento e manutenção das entidades.


Francisco Granziera Júnior junto com a veterinária Juciane Garcia e Nina Biagini; Adoção responsável
Francisco Granziera Júnior junto com a veterinária Juciane Garcia e Nina Biagini; Adoção responsável | Camila Rosa
 


Entre as ONGs que fazem campanha pelo recebimento de notas, está a SOS Vida Animal, que conta com a colaboração para continuidade de suas atividades. “Somente com a generosidade de todos e doações das notas sem CPF, podemos salvar muitas vidas e amenizar o grito de socorro", ressalta Nina Biagini voluntária na ONG.




A entidade existe há mais de 30 anos e vem ajudando na causa animal de várias formas, como castração, doações, visita a asilos, exames clínicos mais baratos ou até gratuitos. "E também suprindo falhas do poder público nas questões de proteção e bem-estar dos animais”, critica.


Na última semana, ela e a veterinária Jucianne Garcia realizaram o resgate de um filhote de cachorro atropelado e conseguiram um adotante, Francisco Granziera Júnior. "Minha esposa acompanha os grupos de animais pelo Facebook e se interessou pela cachorrinha por causa do estado em que se encontrava (foi atropelada). Nós entramos em contato pelas redes sociais e combinamos tudo por lá". As instituições de proteção aos animais mantêm grupos na internet onde os interessados podem ver fotos, acompanhar o estado do animal e também adotá-los. 


Regina Célia Siqueira Almeida - Presidente da Instituição Casa de Maria
Regina Célia Siqueira Almeida - Presidente da Instituição Casa de Maria | Camila Rosa
 


Já a Casa de Maria - Centro de Apoio a Dependentes - atua, desde 1990, oferecendo atendimento e garantindo necessidades básicas para crianças e adultos em situação de vulnerabilidade. A instituição aderiu em 2016 ao Nota Paraná e tem recebido inúmeras doações que contribuem para as despesas mensais. "Temos convênios, mas o valor recebido ainda não cobre todos os gastos tidos pelas atividades desenvolvidas”, observa Regina Célia Siqueira Almeida, presidente da instituição. Ela acrescentou que existe uma expectativa de acréscimo de doações neste fim de ano. A construção de outra sede está parada por falta de recursos.


FONTE DE CAPTAÇÃO


A coordenadora do Nota Paraná, Marta Gambini, disse que os créditos provenientes das notas, não podem ser a principal fonte de captação de recursos das entidades. “A Nota Paraná é apenas uma forma dos consumidores ajudarem as instituições, doando notas fiscais.” Ela também anunciou mudanças nos sorteios mensais com maiores chances das entidades serem premiadas. Segundo a nova resolução, 1.094/2019, as entidades serão beneficiadas com 1.102 sorteios mensais, com prêmios que vão de R$ 1 mil a R$ 100 mil.


Há diversas formas de contribuir para instituições, é possível entrar em contato e além de recursos em dinheiro, algumas organizações recebem diversos itens como: fraldas, roupas, alimentos, produtos de higiene, entre outros. Outra maneira é o contribuinte destinar até 6% do valor do imposto de renda para alguma organização. É simples e requer uma pesquisa junto ao contador, para melhor auxiliá-lo. Muitas instituições precisam de ajuda, elas realizam um trabalho muitas vezes invisível aos olhos, mas significante para a sociedade.  (Sob supervisão do editor Rafael Fantin*)


SERVIÇO

Quem quiser colaborar com as instituições:

Casa de Maria - (43) 9 9634-4010 (whatsapp) ou 3328-0694



SOS Vida animal - https://www.facebook.com/sos.vidaanimal/ 


Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo