Débora cuida dos irmãos e sonha arrumar emprego Débora, de 11 anos, conhece bem a realidade de crianças que desde cedo se familiarizam com as obrigações domésticas e os cuidados de irmãos menores. Aos 8 anos ela foi encarregada pelos pais de tomar conta da casa e dos irmãos Tiale, então com 3 anos e Charles, na época com 6 anos. A rotina da menina inclui lavar roupa, cozinhar, limpar a casa, ajudar os irmãos com as tarefas escolares e garantir a integridade física deles, procurando evitar acidentes. Esta é a parte que mais preocupa Débora. ‘‘Eles são muito levados e vivem se machucando’’, conta. ‘‘Uma vez o Charles caiu do telhado e fez um corte grande na coxa. O Tiale tinha 4 anos e estava junto, ele caiu também, mas não se machucou’’. A garota sai de manhã para estudar com o irmão menor e deixa o maior em casa sozinho. Por precaução ela sempre deixa o portão trancado para evitar que o menino saia. ‘‘Mesmo assim, quando estou estudando fico pensando no Charles sozinho em casa’’, afirma. Quando chega, Débora esquenta o almoço para Charles, que então vai para a escola. A garota fica tomando conta de Tiale. A mãe, que trabalha em uma fábrica de elevadores só vai chegar às 16 horas. A menina afirma que não gosta de cuidar dos irmãos porque vive com medo que eles se machuquem. O sonho dela é arrumar um emprego. (E.P.)