Curso ensina nova fonte de renda Mário CésarMulheres aprendem como fazer compotas: dinheiro extra Lucilia Okamura De Londrina Um grupo de 15 mulheres da zona sul de Londrina está participando de um curso gratuito para aprender a fazer conservas caseiras de frutas e hortaliças. Realizado em parceria entre o Programa do Voluntariado Paranaense (Provopar) e o Serviço Nacional de Assistência Rural (Senar), o curso tem o objetivo de capacitar mulheres para que contribuam com a renda familiar. Durante dois dias (ontem e hoje), as mulheres (assistentes comunitárias e ligadas à horta comunitária do Jardim União da Vitória) estão aprendendo a preparar compotas, frutas cristalizadas e geléias. A instrutora do Senar, Celeste de Oliveira Mello, explicou que as participantes recebem também outras informações, como noções de pasteurização, higiene e cuidados com as embalagens de vidro. A doméstica Sandra Regima Fátima Soares é uma das participantes. Ela disse que não tinha noção nenhuma sobre o assunto e que está gostando muito do curso. ‘‘Quero aprender tudo para depois fazer as compotas em casa e vender’’, observou. Além de aprender uma atividade que poderá servir de fonte de renda, Sandra Soares ressaltou que fazer o curso está sendo importante também para ter noções sobre alimentação. ‘‘Aprendi que dá para fazer tutu com casca de abóbora e que a semente de abóbora também pode servir de alimento’’, exemplificou. A artesã Diva Banei, outra participante, também disse ter gostado do curso e faz uma reivindicação para os organizadores: ‘‘Espero que tenham mais eventos como este para aprender outras atividade’’.