Giovani Ferreira
De Curitiba
As agências dos Correios do Paraná estão recebendo donativos para os desabrigados das enchentes que atingiram São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Já foram arrecadados mais de 2 mil quilos em doações, que podem ser feitas em forma de remédios, roupas e alimentos não perecíveis. A maioria dos donativos está sendo feita em Curitiba, mas eles também podem ser entregues em qualquer agência dos Correios no interior do Estado.
O remetente não terá nenhum custo postal para enviar sua contribuição, ficando apenas responsável pelo acondicionamento do material ou produto que está doando. As caixas devem ser devidamente fechadas, com peso máximo de 30 quilos, contendo na parte superior o destido da encomenda. As embalagens devem ser resistentes o suficiente para suportar os impactos decorrentes do transporte.
A pessoa pode escolher para qual dos estados atingidos pelas enchentes deseja mandar a sua doação. A campanha de arrecadação começou no último dia 29 e prossegue até o próximo dia 31. Todos os donativos recebidos são enviados no mesmo dia, ou no máximo em 24 horas, para o seu local de destino.
A campanha dos Correios beneficia também os flagelados da Venezuela, onde as chuvas deixaram mais de 30 mil mortos e 200 mil pessoas feridas. Os prazos e as regras para as doações são as mesmas. Luiz Orlando Olenski, funcionário dos Correios que está acompanhando a campanha no Paraná, disse que as doações para Venezuela precisam de um incremento, uma vez que ainda não passaram dos 25 quilos.