NetdealEvents

Comemorando o Dia Internacional do Yoga

Coletivo promove aulas com valor simbólico durante todo este domingo

Erika Gonçalves - Grupo Folha
Erika Gonçalves - Grupo Folha

 Por serem voltadas aos iniciantes, práticas são acessíveis para todas as pessoas
Por serem voltadas aos iniciantes, práticas são acessíveis para todas as pessoas | Gustavo Carneiro
 



Alívio de ansiedade e depressão, foco, promoção do alongamento e fortalecimento corporal, além do equilíbrio e ainda auxilia no relaxamento, trazendo melhoras para quem sofre de insônia. Prática recomendada por médicos, o yoga pode ser praticado por pessoas de todas as idades. E para ajudar a difundir a prática, neste domingo (16) foi  realizada a 2ª Edição do Dia Internacional do Yoga, no Colégio Hugo Simas (Centro).



Durante todo o dia serão realizadas diversas vivências e oficinas onde os participantes poderão conhecer e praticar os diversos tipos de yoga, além de participar de rodas de conversa e meditação, apenas com a contribuição de um quilo de alimento não perecível, um produto de limpeza ou R$ 5. A promoção é do coletivo Yoga no Parque.





“O evento acontece em função do Dia Internacional do Yoga, 21 de junho. Serão todas manifestações voluntárias, sem fins lucrativos. Podem participar pessoas de todas as idades e as práticas são acessíveis aos idosos, já que são voltadas para iniciantes, com exercícios de força mais leve e menos tempo de permanência em silêncio”, explica a instrutora Luara Moreno.



Yoga: prática promove fortalecimento e equilíbrio
Yoga: prática promove fortalecimento e equilíbrio | Gustavo Carneiro
 



A primeira prática - Sadhana Aquariana -, começou às 4 horas da manhã, justamente porque a proposta é meditar antes do sol nascer. Além de oficinas com diversos tipos de yoga para os praticantes em geral também serão realizadas atividades especiais para gestantes, tentantes e também crianças.



“O yoga traz como benefício a fertilidade. Já para as grávidas, auxilia no parto normal e promove a conexão do bebê com os pais, por isso a oficina específica para eles. Já para as crianças, a prática traz o alívio da ansiedade e trabalha o foco, por isso também haverá uma oficina específica para elas”, explica Moreno.



Além dos dois espaços disponíveis para as práticas, há também uma feirinha com a venda de produtos artesanais – roupas, bolsas, velas, artesanato, óleos essenciais, sabonetes e outros produtos de higiene, além de alimentos veganos e vegetarianos.



“Um dos princípios do yoga é a não violência, o respeito pelos corpos. Já o bazar busca promover a prosperidade através do mercado local. Outro conceito é a ocupação dos espaços públicos, aprender a dar valor ao nosso espaço, por isso o evento está sendo realizado em um colégio, queremos que as pessoas conheçam a escola, vejam como ela é”, diz ela.



Evento também tem venda de alimentos e produtos artesanais
Evento também tem venda de alimentos e produtos artesanais | Gustavo Carneiro
 



Conhecendo estilos



Praticantes de Hatha Yoga, a bióloga Débora Martello e a administradora Adriana Martello foram logo cedo ao colégio e pretendiam passar toda a manhã no evento. “Esta é uma boa oportunidade de aprender mais, é uima cultura vasta”, afirma Débora. “Justamente por haver tantos estilos que escolhemos uma atividade diferente da que praticamos, talvez fiquemos até a tarde”, acrescenta Adriana.





A empresária Stella Meneghel conta que há havia praticado yoga antes do nascimento dos filhos, mas que por causa da rotina acabou parando e agora pretende retomar. “Quero ter momentos comigo mesma. Nosso rimo diário é voltado para fora, o yoga faz você voltar para si mesmo. Tirei esse ano para cuidar do corpo e da mente, vim fazer algumas práticas, como o Concerto Meditativo com Taças Tibetanas e o mindfulness.”

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias