Valmir Denardin
De Foz do Iguaçu
No próximo dia 10, quando o Parque Nacional do Iguaçu completará 61 anos, as Cataratas serão reconhecidas como um dos marcos do programa internacional Flores da Paz, criado em 1986 pelo líder pacifista indiano Sri Chinmoy.
O programa já reconheceu cerca de 700 locais (cidades, atrações naturais, monumentos, pontes, aeroportos), em 60 países, que, de alguma forma, inspiram o homem a refletir sobre a necessidade de se buscar a paz. Anteontem, durante sua passagem por Curitiba, Chinmoy incluiu no programa a capital paranaense e o Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais. O símbolo da campanha é uma espécie de tocha.
Acompanhado de um grupo de aproximadamente 200 seguidores, o líder pacifista chegaria a Foz do Iguaçu ontem à noite. Eles permanecerão na cidade durante dez dias. Nesse período, além da cerimônia nas Cataratas, promoverão um show musical com um coral de 55 vozes femininas e uma corrida, dos quais poderão participar gratuitamente moradores da cidade.
Foz do Iguaçu, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Assunção são as cidades sul-americanas visitadas pelo grupo, que desenvolve suas atividades anualmente. Chinmoy, de 68 anos, iniciou sua pregação mundial há 35. Já se encontrou com os principais líderes mundiais. Além da campanha pacifista, ele defende a atividade física como meio de melhorar a qualidade de vida. Chinmoy vive em Nova York, onde pratica tênis, corrida e levantamento de peso.