|
  • Bitcoin 150.235
  • Dólar 5,0617
  • Euro 5,2708
Londrina

Cidades

m de leitura Atualizado em 25/02/2022, 15:10

Cambé cadastra ONGs para o Conselho de Promoção da Igualdade Racial

Entidades vão contar com sete cadeiras no conselho; inscrições estão abertas até 7 de março

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 25 de fevereiro de 2022

Reportagem local
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

A secretaria de Assistência Social de Cambé (Região Metropolitana de Londrina)  disponibilizou o cadastro para as entidades não governamentais da cidade ligadas à promoção da defesa dos direitos humanos e igualdade racial. O objetivo é a participação na eleição para o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial e auxiliar o poder público no desenvolvimento de políticas e ações na área. As inscrições podem ser feitas até 7 de março pelo link: https://forms.gle/juYg46xUzPEkZiFt8 .

.. ..
.. |  Foto: iStock
 

“Quanto mais entidades se interessarem em colaborar com o município, melhor. Todas elas vão ser convidadas a participar da eleição para a composição do conselho e da Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial”, explica Lucilene Diorio, secretária de Assistência Social. Ainda de acordo com ela, as entidades vão contar com sete cadeiras no conselho.

“A nossa intenção é realmente consultar os grupos que já trabalham com essa área para que o município também possa agir de forma eficiente. De acordo com a maneira com que cada entidade trabalha, nós vamos auxiliar na formalização dessas ações”, pontua Diorio. Segundo a secretária, o objetivo da parceria e do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial é criar meios para combater a discriminação étnico-racial e as desigualdades sociais entre as minorias, como a população indígena e negra.

O município já contava com um Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial, mas a renovação de seus membros acontece de acordo com Lei Municipal N°3073, promulgada em dezembro de 2021. A lei também possibilitou a criação de um Fundo Municipal de Promoção da Igualdade Racial, que poderá receber recursos federais para financiar ações dentro do segmento. (Com informações da Secom/Cambé)

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1