Jonatham Jesus de Oliveira, 3 anos, continuava em coma ontem na UTI da Santa Casa Monsenhor Guilherme de Foz do Iguaçu, vítima de brincadeira com arma de fogo na quarta-feira. A pistola disparou acidentalmente, atingindo o olho direito e se alojando na nuca do menino. Segundo o neurocirurgião Celso Fagundes, a bala provocou um vácuo no cérebro e não pode ser retirada imediatamente. A Polícia Civil está investigando quem seria o proprietário da arma e como ela foi para nas mãos do garoto.