EPIDEMIA -

Aumenta para 11 o número de mortes por dengue em Londrina

Outros onze óbitos ainda estão em investigação no município; boletim atualizado nesta sexta (27) confirma um total de 7.204 casos desde o início do ano

Micaela Orikasa - Grupo Folha
Micaela Orikasa - Grupo Folha

Em transmissão on-line na manhã desta sexta-feira (27), o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, confirmou outras quatro mortes por dengue, somando 11 vítimas fatais da doença em Londrina.  


.
. | Arquivo- Agência Brasil
 


No boletim da semana passada, eram sete óbitos confirmados. “Uma morte já foi descartada e outras onze estão em análise”, disse. No boletim divulgado nesta sexta, considerando a 13ª semana epidemiológica, a cidade tem 7.204 casos confirmados desde o janeiro de 2020, 18.035 notificações e outros 7.146 estão em análise, aguardando os resultados de exames laboratoriais.  



“Já atingimos o pico da dengue e a tendência daqui pra frente é que haja um decréscimo de casos na cidade”, comentou Machado, lembrando que muitos dos exames em análise ainda deverão testar para positivo nos próximos dias.  

Mutirão

Em relação à remoção mecânica dos criadouros do Aedes aegypti, Machado ressalta que a forma de trabalho dos agentes de endemias tem mudado diante da pandemia do coronavírus, mas que as atividades estão mantidas.  

Neste sábado (28), as equipes farão um mutirão de limpeza na zona norte (jd. Padovani e Vista Bela). Segundo Machado, um carro de som da CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização) tem passado por esses dois bairros transmitindo o comunicado sobre o mutirão.  



“As pessoas estão sendo orientadas a fazer a remoção de todo o material inservível dentro dos quintais e armazená-los nas calçadas. No sábado, as equipes farão o recolhimento. A população não deve sair nas ruas”, reforçou.  

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo