"O nascimento de Jesus é uma luz para todos sermos iguais", disse a irmã Delfina Rodrigues dos Santos ao dar as boas vindas para cerca de 350 pessoas de famílias carentes que participaram do almoço solidário de Natal nesta segunda-feira (25) no salão da Igreja Nossa Senhora de Lourdes, na Vila Siam (zona leste). Há 40 anos um grupo de quatro voluntários que trabalhava em uma favela de Londrina sentiu a necessidade de levar o verdadeiro significado do Natal para famílias carentes e moradores de rua. "Eu fico arrepiada, me emociono todos os anos", lembra com carinho irmã Delfina. "É um trabalho que teve continuidade graças aos voluntários".

Como já virou tradição, o cardápio servido foi o mesmo das últimas quatro décadas: um churrasco completo. Carne, frango, maionese, farofa, arroz e macarrão e refrigerante, com direito a sorvete de sobremesa. No final do evento, as crianças ganham presentes do Papai Noel e as famílias levam um panetone para casa. Todos os ingredientes são arrecadados por pessoas da comunidade e também por funcionários da Grande Londrina.

Imagem ilustrativa da imagem Almoço de Natal leva alegria a famílias carentes
| Foto: Roberto Custódio/Grupo Folha



Entre os convidados estavam os moradores do Jardim Santa Fé e Monte Cristo. Mas uma Kombi dos voluntários da FAC (Fraterna Ajuda Cristã) passou por vários pontos da cidade nesta manhã, principalmente no centro para levar moradores de rua que não tem onde passar o almoço de Natal. A comunidade indígena também foi convidada.

O organizador do evento Amauri Campos conta que o almoço de Natal é o encerramento do trabalho do grupo de voluntários que serve o sopão todas as terças e quartas-feiras em Londrina. "É muito gratificante esse trabalho, cada ano encontramos uma história de vida diferente, de sofrimento geralmente. É o que Jesus sempre nos ensinou, que é amar ao próximo".

Ele lembra ainda que há pessoas de outras cidades que não tem onde almoçar neste dia que acabam participando do evento: "Tem um senhor que está aqui que estava na rodoviária e não tinha onde passar o Natal, nem dinheiro para encontrar os parentes. Vamos trazer esse conforto neste momento, e depois vemos como poderemos ajudá-lo".

Imagem ilustrativa da imagem Almoço de Natal leva alegria a famílias carentes
| Foto: Roberto Custódio/Grupo Folha



Outros moradores de Londrina já são assíduos do almoço voluntário de Natal. É o caso de Luiza Aparecida Girotto, moradora do Jardim São Jorge, que há 15 anos comemora o nascimento de Jesus no salão paroquial. "É bem gostoso, eles são sempre muito carinhosos conosco", conta ao lembrar que só no ano passado não pôde estar presente porque estava hospitalizada.

A moradora do Jardim Monte Cristo Fernanda Pereira chegou cedo com os dois filhos para a confraternização. "Eu sou sempre bem recebida, eles tratam muito bem a gente. Toda semana eu pego a sopa lá na comunidade e recebo doações, não perco esse Natal por nada".