Acidentes fatais com
motos diminuem 50%
Apesar do aumento do número de motocicletas no trânsito com os serviços de mototáxi e de entregadores que trabalham com motos atualmente em Londrina, os percentuais de acidentes fatais envolvendo esses veículos no trânsito da cidade reduziram-se praticamente em 50%, nos últimos dois anos.
Contra as 34 mortes no ano retrasado, em 99 foram registradas 18 ocorrências fatais – segundo as informações da Companhia de Trânsito do 5º Batalhão da Polícia Militar. Segundo o capitão Dalbem, verificou-se que a partir do momento em que as motos se transformaram em meio de trabalho, os cuidados com a segurança passaram a ser observados com mais rigor.
‘‘O uso do capacete tornou-se uma regra cumprida à risca. Agora vamos reforçar essa adesão espontânea e trabalhar para aprofundar essa consciência em relação à segurança’’.
Com a regulamentação da atividade profissional dos mototaxistas, no final do ano passado, o comando da Companhia de Trânsito decidiu ampliar as atividades da Escolinha de Trânsito do Detran, com um curso aberto de reciclagem para os pilotos das diversas empresas que atuam na cidade, com patrocínio da Honda e da Yamaha.
Paralelamente, o comando de policiamento de trânsito planeja uma campanha de conscientização dos mototaxistas sobre a necessidade de se manter nos limites de velocidade e respeito aos motoristas.
Em 99, 44 mil crianças, adolescentes e adultos participaram dos cursos de educação no trânsito do Detran.