A ação que a Associação de Moradores do Parque do Lago, em Campo Mourão, entrou contra a taxa de adesão à rede de esgoto da Sanepar foi extinta pela Justiça. A extinção ocorreu porque a associação não preenchia os requisitos estabelecidos pela Constituição Federal para propor a ação. A entidade alegava que a taxa de R$ 121,93 era ‘‘abusiva e ilegal’’. A Sanepar justifica a cobrança da taxa para ajudar no pagamento dos financiamentos realizados para as obras de saneamento. Mesmo com a ação, segundo a empresa, cerca de 50% dos moradores da região já aderiram à nova rede de esgoto.