As formas inusitadas que saem das mãos da designer Désirée Sessegolo estão expostas na Anima – Arte em Vidro/Vidro Celular, no Sesc Água Verde, em Curitiba. Com experiência em exposições internacionais a artista volta a mostrar seu trabalho com uma coleção recém-saída do forno, literalmente.
São peças inéditas que surgem de um método especial de fusão, em que o vidro é trabalhado com técnicas específicas e únicas que as tornam fortes na estrutura e delicadas na essência, encantando público e críticos especializados. As esculturas trazem também a contemporaneidade de conceitos, formas e cores. "A fonte de inspiração é a natureza em conjunção com a alma e o espírito. As formas são sempre orgânicas e simples, evidenciando a textura de cada peça; e as cores, intensas, geram diferentes sensações ao ser observadas", explica Désirée.
A exposição é resultado da boa fase da artista plástica paranaense, depois de uma mudança radical de atitude. "Decidi que era hora de me dedicar a coisas que me dariam mais alegria, que eu tivesse vontade de fazer. Foi então que ingressei no Atelier do Museu Alfredo Andersen em cursos de cerâmica e vidro", conta. Nessa experiência, Désirée encontrou uma forma de extravasar a criatividade na elaboração de esculturas.
O nome da exposição faz referência às habilidades desenvolvidas pela artista. "A técnica de vidro-fusão é o resultado da minha pesquisa com diversos tipos de vidro plano, em cacos e pequenos grânulos, que ouso chamar de Vidro Celular. Celular porque remete o observador a macroimagens de organismos celulares em associação ao homem e à natureza. E assim, cheguei num mundo até então desconhecido, onde a célula está em conjunção com a alma/Anima".
Désirée já teve uma peça premiada em 1º lugar na categoria Escultura, no 3º Salão Internacional de Artes Visuais Sinap-Aiap, em outubro do ano passado, em São Paulo.
Serviço:
Mostra: Anima, aberta até 31 de março, das 8h30 às 21h Galeria de Artes do Sesc Água Verde, Av. Rep. Argentina, 944 Telefone: (41) 9923-7353.

Imagem ilustrativa da imagem MOSTRA - Esculturas orgânicas
Imagem ilustrativa da imagem MOSTRA - Esculturas orgânicas
Désirée Sessegolo: "As formas evidenciam a textura de cada peça"