Da Redação
Fazer do automóvel uma continuação do trabalho e do lazer humano. Esta é a proposta da família de carros-conceito da Ford, denominada ‘‘24.7’’, apresentada durante o Salão Internacional do Automóvel de Detroit, que termina hoje nos Estados Unidos.
A família 24.7 é constituída por três diferentes versões: cupê, station wagon (perua) e pick-up. Todas os modelos incorporam avançadas tecnologias de comunicação e telemática, oferecendo aos usuários acesso a informações pessoais e locais, durante 24 horas por dia, sete dias da semana, o que motivou a sua denominação.
Cada versão do 24-7 foi desenhada para agradar diferentes estilos de vida, mas com recursos comuns, que ajudam os consumidores a administrar seu tempo. Um dos equipamentos instalados no protótipo que chamam a atenção é o controle dos comandos com acionamento por voz, desenvolvido pela Visteon, que permite aos ocupantes uma série de operações, inclusive chamadas telefônicas.
Entre as inovações futurísticas, a linha 24.7 conta com uma grande tela sobre o painel de instrumentos, para projeção de imagens. Totalmente reconfigurável e acionada por voz, permite ao motorista personalizar o painel, mudando a posição e a escala do velocímetro, indicador de combustível e relógio.
O painel de instrumentos é cinza-escuro, com três telas de cristal líquido de alta definição. A primeira pode ser configurada para indicar o nível de combustível, pressão do óleo ou velocímetro. A segunda foi desenvolvida para exibir um mapa regional ou mundial ou, ainda, o GPS (Sistema de Posicionamento Global).
A terceira tela, no extremo direito, apresenta sinais da Internet, podendo visualizar ‘‘e-mails’’, cotações de bolsa, ações e outras informações. Todas as opções são configuradas por comando de voz, permitindo ao motorista continuar com as mãos no volante. Este, de apenas um raio, possui controles de funções do câmbio automático ou mecânico, permitindo mudanças ao toque de um botão. Uma míni-câmera de vídeo, instalada atrás do espelho retrovisor interno, transmite imagens do condutor e dos passageiros para o videofone portátil.
As três versões do 24.7 trazem portas de ampla abertura, acionadas por botões de toque. As lâmpadas dos faróis e das lanternas são formadas por LEDs vermelhos e brancos, de ação instantânea, com vida útil ilimitada e mínimo consumo de energia.
Os bancos têm formato de concha, com revestimento em couro bege-claro e estrutura pintada em amarelo, com as partes metálicas aparentes em alumínio. Os traseiros são dobráveis e ficam nivelados ao assoalho, ampliando a área útil, para o transporte de bagagens.
Os consoles centrais dos bancos dianteiros e traseiros funcionam como suporte para os braços ou para copos. O assoalho é revestido de placas de borracha amarela, com desenhos circulares aleatoriamente distribuídos.
O 24.7 foi construído sobre a plataforma do novo Ford Focus, aumentada em 50 milímetros e equipados com o motor Zetec 2.0, de quatro cilindros em linha e 16 válvulas.
O estudo da Ford pode não sair do papel, mas a empresa afirma que muitas das inovações tecnológicas do 24.7 ‘‘vão começar a ser utilizadas nos veículos de produção em série durante este ano’’. Basta esperar para ver.Família de carros-conceito ‘‘24.7’’ da Ford traz inovações tecnológicas como videofone portátil e painel reconfigurável
A linha 24.7 é constituída por três versões diferentes: cupê, station wagon (perua) e pick-upO 24.7 foi construído sobre a plataforma do Focus, sendo 50 mm maior, e equipado com o motor Zetec 2.0