Os proprietários de automóveis do Paraná com placas de final 9 e 0 devem pagar o licenciamento em outubro. Este ano, o pagamento do IPVA (Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores) foi desmembrado do licenciamento.
O imposto foi recolhido pela Secretaria da Fazenda no início do ano e agora os motoristas devem pagar a taxa de licenciamento, o seguro obrigatório e multas, se houver, para que o Detran possa expedir o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) do ano 2000. Este documento é de porte obrigatório e indispensável para o motorista trafegar com seu veículo.
O calendário foi definido com base na dezena final do número das placas do veículo, começando em junho e terminando em outubro. Próximo a data do pagamento, o motorista vai receber em casa a Guia de Recolhimento do Licenciamento Anual de Veículos, que deve ser pago em cota única nas agências do Banestado. Para que isso aconteça, o motorista deve estar com seu endereço atualizado junto ao Detran.
Quem mudou de endereço ou, por algum outro motivo, não receber a guia de recolhimento em casa até o dia do pagamento, deve procurar qualquer agência do Banestado, retirar um extrato na máquina de auto-atendimento e pagar o que é devido. O extrato para pagamento também estará disponível na Internet, no endereço do Detran: www.detran.pr.gov.br.
A taxa de licenciamento é de R$ 15,72 para todos e o seguro obrigatório varia de R$ 55,43 a R$ 320,79, conforme a espécie, tipo e categoria do veículo. O Detran lembra que o motorista que não pagou o IPVA à vista no início do ano ou parcelado até maio terá que quitar a dívida do imposto junto com o licenciamento, numa única parcela.