FUTURO Novo Mini terá motor paranaense Tritec será fornecedora exclusiva da Rover inglesa, que produz o modelo Mini Agência Estado Com uma união improvável na Alemanha, onde estão suas matrizes e onde são conhecidas como arquiinimigas, BMW e Mercedes-Benz (por meio de outra fusão ainda maior, a DaimlerChrysler) inauguram em junho, no Paraná, a Tritec Motors. A empresa será fornecedora exclusiva do motor que vai equipar o novo Mini, conhecido como o carro do personagem humorístico Mr. Bean, com lançamento na Europa previsto para outubro. A fábrica, instalada em Campo Largo (PR), já tem cerca de 500 funcionários produzindo em fase experimental. Terá capacidade anual para 400.000 motores de 1.4 e 1.6 litro, metade dos quais serão enviados para o Grupo Rover na Inglaterra - fabricante do Mini - e a outra metade para os Estados Unidos, onde equipará o Neon, da Chrysler. É a primeira fábrica brasileira com produção total voltada para as exportações. O presidente da BMW do Brasil, Rudolf Niesner Schefenacker, disse que a Tritec deverá render divisas anuais de US$ 500 milhões no prazo de dois anos, quando estará operando com capacidade plena. Nesse período, a expectativa é de que a fábrica empregue perto de mil trabalhadores. O investimento dos dois grupos no projeto soma US$ 500 milhões. O novo Mini, segundo Schefenacker, foi totalmente reestilizado. Do anterior - um modelo com características externas antigas que vem sobrevivendo no mercado há 41 anos - foram mantidos apenas o tamanho e o conceito, disse. Brasil A Rover inglesa vai exportá-lo para vários países da Europa. Na Alemanha, o Mini custa entre US$ 15 mil e US$ 35 mil. ‘‘É um modelo pequeno, porém de luxo’’, explicou o executivo. Ele estuda a possibilidade de vendê-lo no Brasil, mas disse que serão necessárias adaptações, principalmente em relação à altura do veículo, que não é conveniente para as estradas brasileiras. O modelo disputaria mercado com o novo Fusca, que está sendo importado do México pela Volkswagen, cujo preço está entre US$ 27 mil e US$ 30 mil. Um carro que chegará ao País neste ano é o Z8, o esportivo usado pelo personagem James Bond em seus filmes de ação. O preço será digno de um agente secreto de luxo, cerca de R$ 400 mil. Inicialmente, as vendas serão feitas por encomenda. A BMW do Brasil vendeu no ano passado 1.460 automóveis, 200 motocicletas e 650 modelos da Land Rover, entre os quais o Defender, produzido em São Bernardo do Campo. O resultado total é 37% inferior ao de 1998. Para este ano, Schfenacker prevê uma recuperação de 10% a 20%. ‘‘A onda de investimentos diretos no Brasil, principalmente dos Estados Unidos, nos dá confiança de que as coisas vão melhorar’’, disse o executivo. A empresa também vai ampliar os serviços do seu braço financeiro, que hoje atua somente no setor de leasing. A partir de meados do ano, estarão disponíveis créditos para financiamento e seguros.