PIONEIRO
Ford Modelo T é o carro do século
ArquivoO modelo foi o primeiro a ter volante do lado esquerdo e transmissão com engrenagens planetáriasEmpreendedor e Carro do Século. Estes são os novos títulos conquistados por Henry Ford e sua criação, o Ford Modelo T. O criador e sua ‘‘criatura’’ foram eleitos os melhores do século no concurso organizado pela Global Automotive Elections Foundation, empresa internacional sediada na Holanda e com representantes em cinco países.
A eleição foi feita por 133 jornalistas especializados de 33 países – inclusive quatro do Brasil –, e eleitores de todo o mundo que puderam votar pela internet. O processo de escolha do ‘‘Carro do Século’’ foi desenvolvido ao longo de todo o ano de 1999, selecionando, incialmente, os 200 automóveis que deveriam concorrer ao título.
O anúncio oficial foi feito no último dia 19 de dezembro, na cidade de Las Vegas, nos Estados Unidos, quando foram abertos os envelopes que continham o resultado do julgamento dos cinco finalistas. O Ford Modelo T ficou em primeiro lugar com 742 pontos, seguido pelo Mini Rover, da Inglaterra, com 617 pontos e pelo Citroen DS 19, com 567 pontos. O Fusca ficou em quarto lugar, com 521 pontos e o Porsche 911, da Alemanha, foi classificado na quinta posição, com 303 pontos.
História – Lançado em 1908, nos Estados Unidos, após uma série de 19 diferentes tipos de automóveis – todos denomidados com uma letra do alfabeto –, o Ford Modelo T transformou-se no símbolo da produção em série e foi instrumento responsável pelo desenvolvimento dos meios de transportes.
O ‘‘Carro do Século’’ tinha, como principais atributos, simplicidade, versatilidade, eficiência, confiabilidade e baixo preço. A revolução que provocou nos meios de transporte e nos costumes da época permitiu à Ford chegar a 1914 com produção anual superior a 300 mil unidades, o que correspondeu à metade dos automóveis vendidos nos Estados Unidos naquele ano. Em 1920, a Ford mantinha a liderança de vendas em todo o mundo.
O Ford Modelo T foi o primeiro a ter volante de direção do lado esquerdo, motor com cabeçote removível, transmissão com engrenagens planetárias e intenso uso de aço com vanádio, mais leve e resistente. Com motor de quatro cilindros em linha e potência de 20 HP, alcançava a velocidade máxima de 72 km/h e apresentava consumo médio entre 5,5 a 9 km/l, dependendo do tipo e utilização.
Produzido até 1927, o Ford Modelo T atingiu a marca de 15,4 milhões de unidades vendidas. Depois, foi substituído pelo Ford Modelo A.