Nos últimos seis anos, os habitantes de Rolândia viram sua cidade crescer, assumindo um perfil econômico com empresas dos mais variados ramos. Atraiu cerca de dez novas indústrias neste período, e gerou cerca de oito mil empregos, alavancando a economia da cidade. Pequenas e médias empresas locais também se desenvolveram e expandiram, passando a se destacar na região.

Atualmente, a cidade possui 280 indústrias, cinco parques industriais municipais e três privados em construção. Neste ramo, destacam-se os setores do agronegócio, plásticos, metalmecânico, couro e de alimentos. "Uma das características da indústria de Rolândia é alimentos. Temos várias indústrias em expansão que são do setor, como da área da avicultura com a Big Frango e a Frango Granjeiro. São indústrias importantes. Temos outras indústrias de alimentos como a Dori, a Itamaraty e a Selmi", cita o prefeito de Rolândia, Johnny Lehmann (PTB). A indústria representa atualmente 45% do Produto Interno Bruto (PIB) do município, segundo informações da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

De acordo com Lehmann, a vinda à cidade da Selmi, indústria de massas que fabrica produtos das marcas Renata e Galo, marcou o início da "história de desenvolvimento" dos últimos seis anos. "Começamos a ser também procurados por muitas empresas da região e pelas próprias empresas da cidade que estavam querendo se desenvolver. No nosso foco de expansão industrial, é lógico que, embora tenhamos indústrias grandes, também queremos que indústrias médias e pequenas venham para cá. As pequenas e médias estão crescendo e se desenvolvendo." Desde 2009, a cidade recebeu 3.032 novas empresas de setores da indústria, comércio, prestação de serviços e agronegócio de todos os portes.

O agronegócio é outro destaque da economia de Rolândia. Somando-se à capacidade de produção de oito empresas do ramo, o município totaliza, em capacidade total de armazenagem e moagem, 379 mil toneladas. "Rolândia historicamente é um município com forte atividade agrícola. A força do agronegócio se faz notar pelos vários investimentos feitos pelo setor, e ajudam e muito a alavancar a economia da cidade", comenta Ernesto Nogueira, secretário de Desenvolvimento Econômico de Rolândia.

Vários fatores contribuem para a vinda e o desenvolvimento de empresas na cidade, afirma Lehmann. A localização geográfica e a logística são alguns deles. "Nossa localização geográfica é muito importante. Rolândia é um entroncamento importante ligando o Sul do País a outras regiões do Brasil como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul. Temos uma logística boa, que realmente favorece a criação de indústrias com rodovias e linha férrea."

INCENTIVOS
Lehmann também destaca a política de incentivo fiscal do município, que com base em uma lei, dá incentivos a empresas que queiram se instalar em Rolândia com a participação na doação de parte de terrenos, isenção de impostos municipais, terraplanagem e infraestrutura do local.

Ao se instalar em Rolândia, o empresário também precisa de mão de obra. "As empresas querem saber se tem mão de obra, e principalmente se tem mão de obra qualificada. Por isso nos preocupamos muito em fazer uma parceria com o Sesi e o Senai para preparar mão de obra qualificada."

A continuidade do crescimento, porém, esbarra hoje na conquista de uma área para a instalação de mais indústrias. De acordo com o prefeito, existem 47 empresas aguardando espaço para se instalarem em Rolândia. Para isso, a prefeitura aguarda aprovação na Câmara de Vereadores de projeto de lei que altera o zoneamento industrial da cidade, mas de acordo com a presidente da Câmara de Vereadores de Rolândia, Sabine Giesen, trata-se de uma região com muitas propriedades rurais, e por isso a expansão da área industrial enfrenta resistência dos proprietários. "Vemos a situação com muita cautela."

Porém, o prefeito diz já ver resultados do desenvolvimento econômico da cidade na saúde e na educação. "Toda escola do município tem quadra coberta hoje. Fizemos quatro creches, escolas e postos de saúde novos. Trouxemos para cá uma UTI, que não tínhamos. E vamos continuar a política de incentivo da industrialização. Uma vez que tivermos a área industrial, tenho certeza que expansão será imediata."

Imagem ilustrativa da imagem Uma cidade que atrai indústrias
| Foto: Anderson Coelho



LEIA MAIS

Mistura harmônica de povos e culturas

Tradições alemãs por meio da música e da dança

Fazenda Bimini: lição de consciência ecológica

Infraestrutura impulsiona desenvolvimento

Mais trabalhadores, + moradias