NOVO PLANO DIRETOR DE LONDRINA E O QUE PODERIA OCORRER ATÉ 2050


Oswaldo Militão
Oswaldo Militão

Como se sabe, a Prefeitura de Londrina contratou, por meio de licitação, uma empresa de consultoria especializada para elaborar o novo Plano Diretor de Londrina, com vista aos próximos vinte anos. Para tanto, uma das primeiras ações desta consultoria foi realizar uma pesquisa com lideranças, entidades de classe e profissionais reconhecidos pertencentes a diversos segmentos. O engenheiro José Pedro da Rocha Neto foi um vários pesquisados. 


Assunto que tem tomado atenção na cidade e provocado muitas análises em função das vertentes abordadas e da variedade dessas manifestações dependendo dos segmentos sociais e culturais pesquisados. 


O engenheiro Rocha Neto relatou que tempos atrás participou de palestras sobre a viabilização do transporte de passageiros de Londrina a Maringá pela via férrea. Época em que o próprio Ministério dos Transportes se envolveu neste assunto. Porém, utilizando-se de veículos tipo VLT (Veículos leves sobre trilhos). Os mesmos veículos concebidos pelo arquiteto Jaime Lerner para transporte de pessoas e que se acham instalados no centro antigo do Rio de Janeiro, passando pelo Porto e pelo Museu do Amanhã, recentemente construídos. 


Os VLTs têm sido adotados no mundo todo. Portanto, nenhuma novidade ao falarmos sobre eles. Podem ser também concebidos para transporte de pessoas nas zonas urbanas e também nas regiões conurbadas entre cidades. 


De certa forma a linha Jataizinho, Ibiporã, Londrina e Cambé já apresenta tais características. Exagerando-se pode-se conceber para um futuro não muito distante alcançar-se até mesmo Maringá. Sonho? Portanto, objeto que deverá merecer atenção do novo Plano Diretor. Atualmente o leito ferroviário é praticamente destinado ao transporte de cargas. Porém, segundo o próprio Ministério dos Transportes, seria possível construir-se linhas paralelas dentro da própria faixa de domínio da atual, o que resultaria numa econômica incrível. Porém, ao que se sabe, nenhuma das nossas lideranças tem qualquer ideia sobre este assunto. Tampouco se tal estudo ainda continua existindo no atual Ministério dos Transportes. 


Principalmente quando se fala que o melhor trajeto para interligar Ibiporã a Londrina e a Cambé forçosamente terá de ser revisto boa parte do trecho da atual Avenida Leste Oeste. Mas é possível. Ao mesmo tempo, definir-se pela aquisição do espaçoso terreno onde funcionou uma antiga Companhia de Café (defronte ao Terminal Urbano atual), possibilitando, realmente, um bom e espaçoso Terminal Urbano. Coisas que não são novidades no meio urbanístico da cidade. Não se trata de fato novo em Londrina, pois cogitado desde que se falou na implantação do Metronorte em 1976. A oportunidade para levantarmos tal fato para a devida apreciação técnica é “agora", sugere o engenheiro Rocha Neto.


Por outro lado, na visão dele, no mundo nada se cria e tudo se copia. Quanto a Planos Diretores de cidades é normal que sejam periodicamente revistos e até mesmo criados novos. Portanto, assunto que os novos prefeitos de Cambé e Ibiporã terão forçosamente de também participarem. O transporte urbano integrado de Londrina com estas cidades já é um fato concreto. A interligação por malhas viárias também já é realidade. A estrada dos pioneiros com Ibiporã, bem como várias outras ruas e avenidas que interligam com Londrina e desta a Cambé, são provas vivas disso.


A vocação de Londrina é ser realmente um grande Polo Regional. Daí a visão de uma futura interligação com Arapongas, Apucarana, pelas antigas estradas que já existem no sul do município desde há muitos anos. Porém, carentes de melhorias. Também com Jataizinho e Assaí, pois, da mesma forma, estradas antigas já existem necessitando apenas pontes sobre o Tibagi. Basta olhar o mapa dessa região toda. Como a região sul da cidade é que oferece maiores espaços a serem ocupados, resgatar o local preconizado pelo arquiteto Jorge Wilheim para a futura cidade industrial de Londrina, pois certamente a mais indicada para localização de indústrias de base. Se já existe, melhorá-la. 


Assim, já é visível que a melhor região para expansão da própria cidade é a sul. Podemos até exagerar que Irerê já se encontra interligado. Daí a necessidade de planejar até mesmo esse distrito. 


Lembremo-nos que a previsão populacional de Londrina para 2050, permanecendo os mesmos índices atuais de crescimento populacional, deve situar-se por volta de 750.000 habitantes. Ou seja: terá no seu perímetro urbano a Londrina de hoje acrescidas das atuais cidades de Cambé e Ibiporã. A maior parte dos atuais moradores de Londrina na realidade desejam morar nesta cidade, aí prevista, com conforto, educação, diversão, lazer, transporte, segurança, trabalho, assistência médica etc.etc. Portanto, um novo Plano Diretor conservando tudo de bom que conseguimos adquirir ao longo dos anos, mantê-los, melhorá-los, bem como expandirmo-nos horizontalmente, (ainda que tenhamos novos núcleos verticalizados, porém não contínuos uns dos outros), na visão do engenheiro Rocha Neto, muito ajudaria acomodar os previstos 750.000 habitantes para daqui a poucos anos mais.           


 ****

 

NOVO PLANO DIRETOR DE LONDRINA E O QUE PODERIA OCORRER ATÉ 2050
Divulgação
 

Davi Baldussi, que estreou como jornalista na Folha de Londrina e após concluir mestrado nos Estados Unidos passou a morar no Rio de Janeiro, casou-se no dia 7 de fevereiro com Manuela Oliveira. A noiva é diretora de arte e designer. A cerimônia ocorreu numa antiga mansão no Alto do Morro de Santa Teresa, com vista privilegiada do Pão de Açúcar, do Cristo Redentor e da Baía da Guanabara. Manuela é  filha dos empresários Janaína e Emerson Oliveira, e Davi, da auditora de saúde Eleonice Baldussi e do jornalista Edinelson Alves. Quem fez a celebração foi Bené Gomes, músico , compositor e pastor, fundador do Ministério Koynonia de Louvor. É amigo do Edinelson há mais de 20 anos 


****

Onde mora o perigo: as vasculites    

Tomara que esse spray nasal de Israel traga novas esperanças para as pessoas do mundo todo. Veio, segundo cientistas israelenses, para agir nas chamadas vasculites. Em resumo: desinflamar os vasos pequenos do corpo humano, evitando queda de cabelo, perda de cabelos, melhorando a imunidade e etc. 


**** 

Livro do General 

Sendo bastante falado, com capa mostrada pela televisão, o livro "General Villas Bôas" deverá ser bem vendido, tal é a curiosidade sobre o que ele conta, fala, suas ideias e etc.  


Me disseram que ainda não chegou às livrarias de Londrina. Nem em Curitiba e Maringá. O general Villas Bôas foi o comandante do Exército Brasileiro.  


****

Londrinenses que chegam de Balneário Camboriú comentam que os preços nos mercados de lá estão absurdos. 


****

Entramos na Quaresma e isto significa que os ovos de Páscoa começam a chegar às gondolas de mercados locais. Antonio Yosio Furuta já em busca de encomendar alguns importados, entre chocolates e ovos em geral.  


****

O jornal inglês The Guardian, um tablóide londrino, já publicou enquete feita entre mulheres casadas sobre o que elas mais preferem: sexo com os maridos ou namorados ou ganhar deles saborosos chocolates? Responderam: Chocolates! Muitos chocolates! 


**** 

Ouvimos de pessoas interessadas no bem estar dos idosos, sejam familiares, ou amigos e conhecidos, que esta  Londrina querida, sempre à frente em seu temo real,  poderia pensar em construir local, tipo condomínio, mas só de pequenos bangalôs  para vender. Pessoas poderiam comprar para morar no futuro ou até alugar. Seria um empreendimento mais do que necessário. Fica a sugestão para os empresários da construção civil.      


 ****

Cidades do Mato Grosso como Rondonópolis e Cuiabá pararam de aplicar as primeiras doses porque aguardam a chegada da segunda, que parece ser realmente a importante, disseram mato-grossenses. É o Brasil confuso nessa pandemia. 


****

 

NOVO PLANO DIRETOR DE LONDRINA E O QUE PODERIA OCORRER ATÉ 2050
Divulgação
 

A fisioterapeuta Talita Lopes Buranello (foto), recém-formada pela UniFil, passou em primeiro lugar na seleção para o Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Rede Municipal Dr. Mario Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar, desenvolvido em conjunto com a prefeitura de Campinas (SP). O resultado saiu na véspera da sua colação de grau no curso. “Ainda no primeiro ano da faculdade tive conhecimento das residências em Fisioterapia, por informação dos professores. Eles sempre incentivaram a participar das seleções e também de eventos e projetos ofertados pela UniFil, contribuindo para a formação do currículo, que é fundamental para a prova de residência”, relata Talita. 


****

A prisão do deputado  e o discutido flagrante   

Essa prisão em flagrante de deputado federal do PSL está sendo bastante discutida. Porque na questão de vídeo pela internet é complicado. Pode mesmo a pessoa que fez a postagem ficar em situação permanente de  ser presa em flagrante? Muitos advogados entendem que não. O ato criminoso seria da postagem. Há decisão de que esse tipo de crime é permanente. Porque estaria induzindo pessoas, talvez. O ministro Alexandre de Moraes teria exagerado, dizem pessoas do povo em geral. A pessoa tem o seguinte limite: pode ter liberdade de expressão, mas pode ferir a lei ao falar, ao escrever, ofendendo, difamando e etc. "Esse manto de legalidade vem disfarçado por abuso de autoridade", afirmou um professor de Direito Penal. Seria o caso da prisão do deputado, que tem endereço fixo, é conhecido, é deputado federal e tem direitos e deveres? Qual é o limite da postagem na internet? Há várias opiniões a respeito. Não seria também responsabilidade do Google, que divulga e lucra em cima? Por que o ministro Alexandre não mandou prender a deputada acusada de mandar matar o marido e que continua na Câmara dos Deputados, bela e formosa em suas outras atividades? O que será que o presidente da Câmara fará a respeito? Vai dizer que foi um ato arbitrário essa decisão de mandar a PF prender o deputado, como se estivesse dando um "flagra"? Ou, se quieto ficar, vai concordar com a situação criada, que alguns interpretam como um ato que fere o Estado Democrático de  Direito no Brasil!  


 A verdade é que o STF e seus membros são  a última palavra no país. O brasileiro não tem mais a quem recorrer, depois de qualquer decisão ou ato dos ministros do Supremo Tribunal Federal.  


Um deputado, eleito pelo povo, precisa ter a liberdade  de falar o que quiser. E responde também por isso. Mas aqui entre nós: não parece  que o Brasil tem dono? Outro dia, o ministro Gilmar Mendes disse que " a Lava Jato era uma quadrilha"...  E ficou por isso mesmo. 


O povo brasileiro que tanto aplaudiu Sergio Moro ouviu e ficou quieto. Seria temer a já apelidada "ditadura de toga"? Quem cala, consente, já disse o marechal Floriano Peixoto, o primeiro presidente da República a valer (já que o marechal Deodoro desistiu). e também o crítico de costumes e atos humanos, o famoso Schopenhauer.          


****

NOVA BOUTIQUE DE CARNES NA CIDADE 

Londrina ganhou uma nova boutique de carnes nobres, a CHARCOAL STEAKHOUSE, no coração da cidade, na rua Pará esquina com Higienópolis. O lançamento do empreendimento foi em grande estilo, no Aguativa Resort, em torneio  de golfe na modalidade NIGHT, com a presença de golfistas do Londrina Golf, do Royal Golf Residence, Maringá Golf Club, Confraria do Golf do Aguativa e outros clubes, inclusive da região de São Paulo. No evento, foram servidas várias carnes e cortes especiais, de raças como Angus, Wagyu e Hereford, e cortes nobres, como bife ancho e Denver. As fotos abaixo são do evento.


 

NOVO PLANO DIRETOR DE LONDRINA E O QUE PODERIA OCORRER ATÉ 2050
 

Sollano, da Charcoal, com Renan Perisse


 

NOVO PLANO DIRETOR DE LONDRINA E O QUE PODERIA OCORRER ATÉ 2050
 

Golfista Maria Zélia de Oliveira e Oliveira, vencedora no feminino, e o golfista Renato Alves, do Londrina Gol


 

NOVO PLANO DIRETOR DE LONDRINA E O QUE PODERIA OCORRER ATÉ 2050
 

Éder Cisternas, Alessandro Bergamasco e Claudio Gozzo entre os participantes do torneio 


 

NOVO PLANO DIRETOR DE LONDRINA E O QUE PODERIA OCORRER ATÉ 2050
 

Os golfistas Guilherme Silva, Denise Kisner e Aparecido Ribeiro 


****








Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Assine e navegue sem anúncios [+]

Continue lendo