VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Reportagem

Talento, investimento e gestão

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

A Concept Music exemplifica bem como o mercado sertanejo está estruturado e pode ser rentável, se associado investimento, gestão eficiente e, claro, talento dos artistas envolvidos. A Concept surgiu há aproximadamente três anos, quando o músico Fernando Scabora, que já atua no ramo há uma década, viu talento na dupla Antony e Gabriel.
PUBLICIDADE

Leia Mais:
Um negócio chamado sertanejo

Aí entraram os novos sócios: Fernando Gomes, Plácido Carmagnani, Carlos Balconi, além da própria dupla, que também é dona do negócio. A maioria deles são empresários de outros setores, como construção civil, telecomunicação, agronegócio e informática. "Encontrei a dupla, um produto que achei interessante, fui em busca dos sócios e montamos a empresa para tocar esse projeto, que acabou dando certo", relata Scabora.

Hoje, a empresa conta com aproximadamente 25 colaboradores. Antony e Gabriel tem mais de 544 mil inscritos no seu canal no YouTube e o hit lançado este ano - "Seu Padre" - já foi visto mais de 23 milhões de vezes, após o lançamento oficial do DVD, em março. "Eu te amo pinga", de 2015, tem 64,4 milhões de views. A dupla também está no casting da Talismã Music, das estrelas Leonardo e Eduardo Costa. "O mercado aqueceu muito e Londrina virou polo de referência junto com Goiânia. Muitas duplas e empresários estão vindo para cá em busca deste sonho".

Os sócios preferem não revelar o tamanho do investimento até que o negócio emplacasse, mas Scabora elenca alguns caminhos para que o sucesso venha. "Além de um planejamento muito bem estruturado, hoje o negócio precisa de três pilares: talento, investimento e gestão. É preciso também sorte, a música tem que emplacar e ser agradável ao público. Sei de investidores que gastaram R$ 2 milhões e não funcionou".

Com o resultado superpositivo, agora a Concept foca para que de fato a dupla seja "destaque nacional pra valer". "Estamos tentando atingir este patamar com o Antony e Gabriel e, depois, partiremos para novos produtos. Hoje o sertanejo é muito bem estruturado, há escritórios muito fortes e bem organizados. Mas não deixa de ser um negócio de risco". (V.L.)
NOTÍCIAS RELACIONADAS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados
HOSPEDADO POR
Hospedado por Mandic