VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Geral
17/07/2017

Massa polar derruba temperaturas na maior parte do País

Paraná poderá registrar ocorrência de geada negra nas regiões Sul e Sudoeste

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

José Cruz/Agência Brasil
José Cruz/Agência Brasil - Pode nevar nas serras gaúcha e catarinense; em Londrina, mínima será de 7 graus na terça-feira
Pode nevar nas serras gaúcha e catarinense; em Londrina, mínima será de 7 graus na terça-feira

Uma massa de ar polar deve chegar ao Brasil esta semana. A mudança brusca de temperatura no Paraná já será sentida nesta segunda-feira (17). De acordo com o Simepar, há previsão de geada negra na madrugada de segunda para terça-feira nas regiões Sudoeste e Sul.
PUBLICIDADE

A condição de umidade elevada e frio pode provocar ocorrência de chuva congelada e até de neve em municípios da divisa com Santa Catarina, principalmente nas áreas de serras entre Clevelândia, Palmas e General Carneiro.

A temperatura em Londrina não deve ultrapassar os 20 graus nesta segunda, com mínima prevista de 12º. Os termômetros devem registrar mínima de 7º na terça-feira. O frio deve ceder um pouco na sexta-feira (mínima de 10º e máxima de 22º).

Segundo o CPTEC/Inpe (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), o ar polar acompanhará uma frente fria que se desloca pelo Brasil e atingirá além da região Sul do país, o sudoeste do Amazonas, Acre e Rondônia e parte do Mato Grosso.

Poderá nevar nas serras gaúcha e catarinense nesta segunda e terça-feira. Em junho, cidades catarinenses como Urupema, São Joaquim, Urubici, Bom Jardim da Serra e Irani já registraram neve. Trata-se da mesma massa da ar polar que passou por Santiago no sábado (14) e causou a maior nevasca da capital chilena desde 1971. Argentina e Uruguai também serão afetados. (Com agências.)
Reportagem Local
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO

O crime chinês

Homenagem ao escritor Liu Xiaobo, morto na última quinta-feira

Estudo prevê esvaziamento de pequenos municípios

Ipardes diz que cidades menores, especialmente da região central do estado, devem encolher ainda mais até 2040; gestores temem queda de repasses

Ação integrada fiscaliza abusos às margens do Igapó

Polícia Militar, Guarda Municipal e Conselho Tutelar fizeram operações neste final de semana para coibir som alto e outras irregularidades em áreas de lazer

O assassinato da família imperial

Uma descrição do fuzilamento da família Romanov pelo regime comunista

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados