VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Segunda-feira, 24 de Julho de 2017
Folha da Sexta
31/10/2014

Hobby saudável

Hábito de cultivar hortas em apartamentos proporciona mais qualidade de vida e traz uma pitada de natureza aos prédios

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

Temperos, hortaliças e verduras frescas não são mais exclusividade de quem tem um grande quintal em casa. Mesmo em apartamento, os apaixonados por hortas encontram espaço para mexer a terra e cultivar suas plantinhas. Foi em busca de mais saúde que a consultora de marketing Pollyanna Rodrigues Boberg, de 37 anos, resolveu montar, há três anos, uma pequena horta no apartamento onde mora. "Comecei quando resolvi que ia tentar almoçar em casa todos os dias. Queria uma alimentação mais saudável e parei de usar temperos prontos", conta.

Hoje Pollyanna e o marido plantam entre outras coisas, salsinha, cebolinha, orégano, manjericão e alface. "Temos ainda outros tipos de plantas como suculentas e violetas. Também já plantamos tomates por aqui", relembra ela. "Hoje quando almoçamos fora até estranhamos o sabor da comida. A alface, por exemplo, tem um gosto completamente diferente e o tomate era bem docinho, como uma fruta mesmo", acrescenta ela.

Saulo Ohara
Saulo Ohara
A consultora de marketing Pollyanna Boberg, de 37 anos, montou há três meses uma horta na sacada do apartamento: alface com sabor diferente e tomate "bem docinho"


Segundo a analista de marketing, a mudança de hábito trouxe mais qualidade de vida e a rotina de cuidados com as plantas se tornou um hobby. Para driblar a falta de espaço, Pollyanna usou a sacada do apartamento para montar sua horta. "Como temos gatos em casa precisamos fazer umas prateleiras e colocar a horta no alto. Até gostaria de plantar mais coisas, mas falta espaço", lamenta.

A artista visual e artesã Letícia Albanez, de 26 anos, também utiliza um espaço no apartamento onde mora para cultivar alecrim, manjericão, boldo e até tomates. "Esses dias os tomates estavam lindos. Andei aproveitando para fazer várias receitas", comemora. Segundo Letícia, sua relação com as plantas vem desde a infância. "Tenho uma relação afetiva com elas, algo muito além da praticidade de ter os temperos à mão. Gosto de acompanhar a vida e o crescimento delas. Tudo o que sei aprendi quando criança ou depois pesquisando. Sempre fui curiosa sobre esse assunto."

Segundo Letícia, dar vida à pequena horta foi uma tarefa que exigiu paciência e dedicação. "Quando me mudei para cá, há três anos, esse espaço só tinha pedras e uma raiz profunda, sem vida, que deu muito trabalho para tirar. Mas consegui trazer uma terra de qualidade e começar a plantar". A experiência deu tão certo que em pouco tempo a horta começou a trazer surpresas positivas. "Uma vez joguei tantas sementes que nasceu uma melancia", relembra a artesã, que costuma "trocar figurinhas" sobre a horta com os amigos. "A muda desse boldo eu peguei da casa de um amigo, esses dias um outro colega veio aqui e levou algumas sementes."

Para ela, é preciso que as pessoas voltem a se aproximar da natureza, independentemente do local onde moram. "Acho que falta nos prédios locais mais verdes, onde se possa plantar, colher e ter esse contato com a natureza."

Anderson Coelho
Anderson Coelho
"Acho que falta nos prédios locais mais verdes, onde se possa plantar, colher e ter esse contato com a natureza", diz a artesã Letícia Albanez


Continue lendo:- Paixão pelas hortas
Bruna Quintanilha
Reportagem Local
NOTÍCIAS RELACIONADAS
CONTINUE LENDO

Viagem pela História

Capital da Itália, Roma reúne boa gastronomia, passeios históricos e muita arte em um mesmo destino

Prazer sem culpa

Com moderação, diabéticos podem consumir diversas delícias preparadas especialmente para eles

Estampe-se à mineira

Já foi dada a largada para o Inverno 2015 e as primeiras apostas foram feitas pelo Minas Trend

Arco-íris nas unhas

Colorido por natureza, o verão traz uma infinidade de opções de esmaltes, dos básicos nude aos clássicos vermelhos passando pelos metálicos

Assine a Folha de Londrina
EDITORIAS
PolíticaGeralMundoCidadesEconomiaEsporteFolha 2OpiniãoFolha MaisEleições 2016Índice de Notícias
SEÇÕES
ChargeColunistasIndicadoresTempoHoróscopoEdição DigitalGaleria de FotosClassificadosCadernos EspeciaisPromoçõesLoteriasVídeos
SEMANAIS
Folha GenteCarro & CiaImobiliária & CiaSaúdeEmpregos & ConcursosFolha CidadaniaNorte PioneiroMercado DigitalFolha RuralEspecialCozinha & Sabor
CLASSIFICADOS
VrumLugar CertoFolha ClassificadosDiversos
SERVIÇOS
ComercialArquivoCapa do ImpressoExpedienteFale ConoscoClube do AssinanteAviso LegalPolítica de PrivacidadeTrabalhe ConoscoQuem SomosGuia GastronômicoAssine Já!
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados