VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Folha da Sexta
26/08/2016

Cultivo terapêutico

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

Sonia Mantoani encontrou no cultivo da orquídea uma atividade para aliviar o estresse: "É muito prazerosa essa troca porque você percebe que os seus cuidados estão dando resultados"


A experiência com o cultivo de orquídeas é única e os benefícios dessa atividade vão além da contemplação de suas flores. Muitas pessoas utilizam a prática como recurso terapêutico para aliviar o estresse, trabalhar a ansiedade ou ajudar no tratamento da depressão.
PUBLICIDADE

Sônia Mantoani, servidora pública municipal, encontrou no cultivo uma atividade para aliviar o estresse diário. Ela conta que herdou da mãe o gosto pelas plantas e que a relação com a orquídea é uma das mais interessantes. "Eu comecei como uma terapia mesmo para aliviar o estresse do dia a dia. Nos fins de semana eu me dedico aos cuidados que elas precisam. É o meu momento com elas", revela.

Para ela é uma satisfação essa interação. "É muito gostoso ver surgir um botão floral e uma nova raiz. É muito prazerosa essa troca porque você percebe que os seus cuidados estão dando resultados", recomenda.

Segundo Sônia, qualquer espaço com luminosidade pode ser aproveitado, na área de serviço ou em uma varanda, por exemplo. "Uma vez por ano, às vezes até mais, ela nos presenteia com a sua maravilhosa florada, é muito gratificante", exalta Sônia.

A servidora também recomenda buscar orientações sobre o cultivo e cuidados para que a planta esteja sempre saudável. "Sempre busquei informações com expositores, nas feiras e na internet. Essa última oferece muita informação de orquidófilos, especialistas e existem grupos nacionais onde podemos trocar ideias e tirar dúvidas", indica Sônia. (S.C.)
NOTÍCIAS RELACIONADAS
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO

MODA - Sem perder a ternura

Os saltos grosso e quadrado não só proporcionam conforto aos pés como também imprimem a grande aposta da temporada

FIQUE DE OLHO!

Nota 10

À MESA - Coringa!

A escolha dos ingredientes é prioridade para o preparo de uma torta deliciosa. Confira nossas sugestões

CUIDE DE SUA SAÚDE

VIVA BEM - Pele protegida

Especialista fala sobre como diminuir os impactos causados pela dermatite atópica, doença bastante comum mas pouco conhecida pela população

SUA CASA - Pronto para alugar

Para atrair inquilinos, investidor convoca arquitetos para decorar um apartamento de 39 metros quadrados. Veja o resultado

ESPAÇO PET - Na hora de trocar a ração

Substituição deve ser gradual para evitar problemas digestórios e até a recusa do alimento

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados
HOSPEDADO POR
Hospedado por Mandic