VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Esporte
21/04/2017

Dorival valoriza ponto somado em Bogotá

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

Santos – O técnico Dorival Júnior valorizou o ponto somado pelo Santos contra o Independiente Santa Fe (0 a 0), pela terceira rodada do Grupo 2 da Copa Libertadores, nesta quarta-feira, no estádio El Campín, em Bogotá.

Na sua avaliação, o time soube se adaptar ao estilo do confronto, de mais pegada e menos toque de bola, e conseguiu um resultado que pode ser importante para a sequência da competição.

"Foi um jogo com características de Libertadores, de muita disputa. Fugiu um pouco das nossas características, de ter a posse de bola, mas tenho que valorizar o ponto que conquistamos em um grupo difícil. Um jogo que você deixa de pontuar, te complica na tabela, por isso, precisamos ter cuidados", disse Dorival, satisfeito com a postura do seu time, que viu o adversário ter mais controle da posse de bola, mas ser pouco perigoso no ataque na noite de quarta.

Dorival tratou também de minimizar a irritação exibida por Ricardo Oliveira ao ser substituído durante o segundo tempo do jogo em Bogotá, para a entrada de Copete, quando chutou um copo d’água. "Isso é normal, uma reação do atleta em campo e que no banco já estava nos ajudando", comentou.

O treinador explicou que a troca tinha o objetivo de dar mais dinâmica ao ataque santista, em uma tentativa para encontrar mais espaços na defesa adversária. Mas lamentou a expulsão do meio-campista Jean Mota, que foi escalado na lateral esquerda, o que forçou a adoção de uma postura mais defensiva.

A próxima partida da equipe será novamente contra o Santa Fe, no próximo dia 4 de maio, na abertura do returno da Libertadores, no Pacaembu, às 21h45.
Agência Estado
CONTINUE LENDO

Janot pede a STF que goleiro Bruno volte à prisão

Ministro Alexandre de Moraes é quem vai julgar o pedido de revogação do habeas corpus concedido ao jogador

Inspiração em 2014

Épica goleada diante do Atlético pela semifinal de três anos atrás motiva o LEC para a 'decisão' deste domingo

Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados