VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Cidades
14/11/2015

Mãe e filha morrem intoxicadas em incêndio

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

Duas pessoas morreram intoxicadas durante um incêndio que atingiu uma casa na madrugada de ontem no Jardim Pérola, em Cornélio Procópio (Norte Pioneiro). Por volta das 2 horas, o Corpo de Bombeiros foi acionado por vizinhos que perceberam o fogo tomando conta da casa. Francisca Meireles Duarte, de 73 anos, e a filha Lenira Duarte Palácios, de 52, foram retiradas inconscientes de dentro dos quartos, que ainda não estavam tomados pelas chamas. Os socorristas tentaram reanimá-las, mas as duas morreram intoxicadas pela fumaça. Os corpos das vítimas foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Londrina.
PUBLICIDADE

Policiais militares que auxiliaram os bombeiros conseguiram resgatar com vida o marido de Lenira, Francisco Palácios, de 61 anos. Ele foi o primeiro a ser socorrido e sofreu apenas ferimentos nos joelhos por causa de uma queda enquanto tentava escapar do incêndio. Segundo o que ele repassou aos bombeiros, o incêndio teria sido causado por um curto-circuito em um escritório, onde havia vários equipamentos ligados em uma mesma tomada. A Polícia Científica foi acionada e a causa oficial só será confirmada após a divulgação dos laudos da perícia.
O Corpo de Bombeiros alerta para o risco de sobrecarga da rede elétrica, principalmente no verão. Segundo os especialistas, vários aparelhos ligados ao mesmo tempo, como ar-condicionado, televisores, geladeiras e freezers, acabam exigindo bastante da fiação.
Cinco policiais que atuaram no resgate, mesmo sem os equipamentos de segurança, precisaram ser internados na Santa Casa de Cornélio Procópio por conta de intoxicação. Segundo informações da PM, até o fim da tarde de ontem eles permaneciam internados em observação, fora de riscos.
Celso Felizardo
Reportagem Local
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO

Multa para pichadores

Nova lei, que deve entrar em vigor nas próximas semanas, endurece punição para quem for flagrado rabiscando muros e fachadas

Troca de livros entre alunos e comunidade

Projeto da Biblioteca Viva Itinerante na saída de escolas municipais já rendeu giro de mais de mil volumes

DIABÉTICOS - Hábitos saudáveis são chave para qualidade de vida

Estudos já comprovaram que praticar exercícios e ter uma dieta balanceada ajuda pacientes a levar uma rotina próxima da normal

PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados