VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Cidades
15/09/2012

Colégio do Vista Bela terá ensino integral

Edital de licitação deve ser concluído até final do ano; obra vai custar R$ 6 milhões

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois
Renata Cabrera
Flávio Arns com o diretor Norberto Giacomini e a chefe do NRE, Lúcia Cortez: R$ 1,4 milhão para colégios da rede estadual

A Secretaria Estadual de Educação deve abrir no próximo mês o edital para construção de um colégio no Residencial Vista Bela, na Zona Norte de Londrina. O bairro conta com mais de 2,7 mil moradias e foi considerado o maior canteiro de obras do Programa Minha Casa, Minha Vida no País. A construção durou cerca de dois anos, mas os governos municipal e estadual não planejaram a tempo a implantação de equipamentos públicos.
PUBLICIDADE

O colégio está projetado com cerca de 3 mil metros quadrados de área construída. O imóvel terá dois pavimentos com 24 salas de aula ao todo e capacidade para atender mais de 1,5 mil estudantes. A obra está estimada em R$ 6 milhões.
''Engenheiros estão terminando os estudos para esse colégio. Eles já realizaram a sondagem, exame topográfico e planialtimétrico. Depois é só encaminhar os dados para Curitiba'', explicou a chefe do Núcleo Regional de Educação (NRE), Lúcia Cortez.
O NRE anunciou a construção ontem durante solenidade que contou com a presença do vice-governador e secretário estadual de Educação, Flávio Arns. A Construtora Plaenge foi homenageada por participar dos estudos na área de construção do colégio no Vista Bela.
Arns disse que a expectativa é concluir o próximo trimestre. Ele espera assinar a ordem de serviço em dezembro. ''A licitação tem um prazo, mas após o processo tem que esperar possíveis recursos. Como é difícil ter recursos judiciais, em virtude da boa elaboração do edital, imagino que todo o processo esteja concluído esse ano'', disse. O secretário adiantou que o colégio vai atender em período integral.
No evento, o governo repassou R$ 1,4 milhão em equipamentos para colégios que compõem a rede estadual de Londrina. A verba é proveniente de emenda parlamentar do deputado federal Alex Canziani (PTB).
Inspeções
Arns também visitou ontem dois colégios da rede estadual de Londrina, composta por 72 unidades. No Colégio Estadual Maria José Aguilera, no Conjunto Cafezal IV (Zona Sul), o vice-governador inspecionou salas de aula, laboratórios e até a cozinha.
Ele ouviu de servidores as necessidades básicas do colégio, que atende 1,6 mil estudantes. ''São pequenos detalhes que precisam ser revistos e reparados. A pintura é nossa maior necessidade'', explicou o diretor Norberto Giacomini.
A Secretaria Estadual de Educação realiza 154 obras nas unidades de ensino espalhadas pelos 19 municípios de abrangência do NRE. O investimento ultrapassa R$ 50 milhões.
Danilo Marconi

Reportagem Local
NOTÍCIAS RELACIONADAS
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO

Rompendo barreiras na Educação Física

Professores da rede pública participam de treinamento para ensinar práticas esportivas a estudantes com deficiência visual e física

Mastigação correta evita dor de cabeça e problemas digestivos

Comer sem pressa é essencial; ansiedade, no entanto, impede que refeições sejam mais demoradas

SUA SAÚDE - DERMATOLOGIA

O que é a comissurite?

Autor está foragido

Homem de 45 anos é baleado no tórax por sobrinho em Araruna

A polícia investiga o caso e ainda não tem informações sobre a motivação do crime

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados