VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Bola pro Mato
Thiago Mossini é jornalista e está no Grupo Folha desde 2003. Foi setorista do Londrina Esporte Clube por 12 anos e desde o começo de 2016 é editor do jornal NOSSODIA. Já rodou o mundo em coberturas esportivas, passou pelas emissoras Unitv e RICTV/RecordTV e é coautor do livro "1992: O Paraná Virou Alviceleste". Pensa que é multi atleta, já que joga basquete, vôlei, tênis e futebol e ainda tenta aprender a velejar, mas no final das contas é no máximo esforçado em cada um deles. Tem três filhos que ama demais: a Manu, o Pedrão e a Beca de Boleiro, a marca de camisetas inspiradas no futebol da qual é sócio.
Fale com Thiago Mossini
08/09/2017
TREMOR E PÂNICO

Ex-Cincão relata drama em terremoto no México

Lateral-esquerdo Élbis, do Club Atlético Zacatepec, conta que população está assustada com a possibilidade de novos tremores


Fotos: Arquivo Pessoal
Fotos: Arquivo Pessoal - Élbis e a esposa Paula estão assustados com o terremoto
Élbis e a esposa Paula estão assustados com o terremoto


Um país assustado e em alerta. Assim está o México após o forte terremoto que atingiu a costa sul mexicana no final da noite de quinta-feira (7), segundo o jogador de futebol Élbis, do Club Atlético Zacatepec, da segunda divisão local. "A recomendação é de que fiquemos sempre em alerta e atentos aos celulares, porque deve vir outro terremoto e todos precisam se informar para manter a segurança", contou o lateral esquerdo em entrevista exclusiva ao Bola Pro Mato.



Revelado pelo Cincão Esporte Clube, de Londrina, o maranhense casou-se com uma londrinense e fixou residência por aqui. Antes de atuar no México, ficou por três temporadas no Atlético de Madrid. Há um ano na América do Norte, ele conta que foi o primeiro susto que passou por causa de fenômenos naturais.

O terremoto de magnitude 8,1 segundo o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês) já causou 35 mortes, sendo 25 no estado de Oaxaca, sete em Chiapas e três em Tabasco, todas ao sul, onde também está localizada Cuernavaca, conhecida como a "cidade da primavera", lugar turístico de quase 400 mil habitantes, capital de Morelos, que ostenta castelos e ruínas incas e onde Élbis e a esposa Paula Mendonça moram. Por lá, o tremor foi de menor intensidade e não trouxe nada além do susto e medo. "Estava dormindo quando a Paula me acordou assustada. Tudo tremia, móveis se mexiam, portas batiam. Mas tudo muito rápido. Foi uma sensação muito estranha", relatou.

O Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico emitiu um alerta de possibilidade de tsunami. Ondas gigantes de até 4 metros de altura podem atingir o litoral mexicano, da Guatemala, El Salvador, Costa Rica, Nicarágua, Panamá, Honduras e Equador. Por mais que o aviso tenha sido retirado posteriormente, o medo é muito grande entre a população. "Estamos todos assustados. Para sair de casa hoje, mesmo, fiquei sempre em alerta. Passamos a noite em claro. Minha esposa ficou acordada até uma 5 da manhã. Eu dei umas cochiladas, mas a qualquer barulho já levantava. Chovia muito e a cada trovão, já achávamos que eram outro terremoto", contou.

Élbis relatou ainda a preocupação de companheiros de clube com familiares e amigos que moram nas regiões atingidas. "Tem muita gente desabrigada, colégios fechados. Uma situação muito complicada", concluiu.
21/09/2017
SALVEM O BRASILEIRÃO

O que será do Campeonato Brasileiro?

O Brasileirão precisa continuar sendo a prioridade e a CBF precisa encontrar uma forma de fazê-lo atrativo e competitivo durante todo o ano

20/09/2017
RESPEITO ÀS HISTÓRIAS DE CADA UM

Neymar precisa parar de agir como moleque mimado

Neymar chegou ontem ao PSG com a obsessão de ser o melhor do mundo, o artilheiro, o mais bonito, o mais cheiroso, o mais pica da galáxia. Porém, lá já havia um cara que tinha uma história dentro do clube

19/09/2017
DOIS BRASILEIROS PARA UMA VAGA

Bronze no Mundial, Baby tem concorrência em novo ciclo olímpico

Rafael Silva terá que superar David Moura para chegar a Tóquio 2020

13/09/2017
VEM PUNIÇÃO

Parabéns aos machões do Estádio do Café

Briga na arquibancada no jogo contra o Ceará leva LEC ao STJD

11/09/2017
Até que enfim

As fichas caíram

Ingressos baixos e torcida comprometida mudaram o Londrina nesta reta final

PUBLICAÇÕES ANTERIORES
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados