VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Avenida Paraná
Escritor e jornalista. Mora desde 1989 em Londrina. Trabalhou em diversos jornais, revistas e assessorias. Assina a coluna diária Avenida Paraná, na Folha de Londrina. Autor dos livros de crônicas "Diário de Moby Dick" (em parceria com o pai, Paulo Lourenço), "Repórter das Coisas" e "Aos Meus Sete Leitores". Casado com a jornalista Rosângela Vale, pai do Pedro, paulistano de certidão, pé-vermelho de coração. Conservador em política, liberal em economia, católico em religião. Em suma, um cronista em busca dos seus sete leitores.
Fale com Paulo Briguet
31/01/2017

Seja Presidente, Temer!

Uma carta em defesa de Ives Gandra Martins Filho no STF



É óbvio que esta carta jamais será lida pelo Presidente da República. Sou apenas um cronista do interior brasileiro. No entanto, ela será lida por meus leitores e amigos; talvez até por alguns inimigos. Por isso, eu sinto o estranho dever de escrevê-la.

Michel Temer tem diante de si o maior desafio de seu governo: escolher o sucessor do ministro Teori Zavascki no Supremo Tribunal Federal. A esta hora, é possível que ele já tenha tomado sua decisão. Pode ser que, até o final da redação deste artigo, a mídia já esteja divulgando o nome do novo ministro.

Desta decisão, dependerá o futuro do país. Não apenas nos próximos meses, mas nas próximas décadas.

Desde a morte de Teori, vários nomes têm sido cogitados nos meios jurídicos, políticos e jornalísticos. Nenhum deles tem a força e a qualificação do jurista Ives Gandra Martins Filho. Face aos nomes ventilados, seria o mesmo que escolher para um concerto musical entre o maestro João Carlos Martins (tio do jurista) e Richard Clayderman.

A grande mídia e os partidos de esquerda — essa mesma mídia que foi sistematicamente vencida pelos fatos em 2016; essa mesma esquerda que foi humilhantemente escorraçada pelas urnas em 2016 — fazem uma brutal pressão para que Ives Gandra não seja o escolhido por Temer, com direito a boatos e notícias falsas sobre o jurista, todos tão frágeis quanto um dente-de-leão.

Curioso é que, de todos os detratores, nenhum tenha negado que Ives Gandra Filho é uma das maiores autoridades jurídicas do País, plenamente qualificado para ocupar uma vaga no STF. O homem é simplesmente brilhante, uma combinação de santo e gênio como raríssimas vezes se vê em países mais desenvolvidos, que dirá numa república tão flagelada quanto o Brasil. Miguel Reale, Euclides da Cunha e Mário Ferreira dos Santos, aqui, são verdadeiros milagres. Ouso dizer que Ives Gandra também é. E um país que sofreu tanto não pode desperdiçar um de seus maiores talentos por causa de uma rinha ideológica.

Presidente Michel Temer, o povo brasileiro é conservador. Ives Gandra também é.

Presidente Michel Temer, o povo brasileiro é cristão. Ives Gandra também é.

Presidente Michel Temer, o povo brasileiro defende os valores morais e familiares. Ives Gandra também defende.

Presidente Michel Temer, o povo brasileiro é trabalhador, ordeiro, honesto, caridoso. Ives Gandra reúne todas essas qualidades.

Presidente Michel Temer, o povo brasileiro quer botar os mafiosos — que hoje tentam desestabilizar o seu governo — na cadeia. Ives Gandra também deseja que os quadrilheiros da Orcrim paguem pelo que fizeram e fazem.

Presidente Michel Temer, o povo brasileiro quer enfrentar a turma do "quanto pior melhor" — que hoje tenta impedir as reformas econômicas — com verdade e coragem. Ives Gandra é um homem de verdade, um homem de coragem.

Se o sr. abrir mão de escolher Ives Gandra para o STF, estará fortalecendo e beneficiando aqueles que o chamam de "golpista". E, desculpe a sinceridade, desta vez eles terão toda a razão. O sr. não será golpista por ter sucedido Dilma Rousseff, conforme determina a Constituição; será golpista porque estará matando as esperanças do povo brasileiro. Será o fim do seu governo.

Escolha Ives Gandra, Michel Temer. Seja Presidente!

Cordialmente,
O menor de seus concidadãos.

31/01/2017

Filhos da UEM

Chapa Acelera UEM supera grupos esquerdistas e promete novos rumos para movimento estudantil em Maringá

30/01/2017

DCE sem luta de classes

Filhos da UEM vencem eleições no campus de Maringá e tomam posse hoje

30/01/2017

Paulo Francis curtiu isso

Redes sociais dão voz a quem não tinha, quebram hegemonia esquerdista, ampliam participação no debate político e até geram tentativas de ressuscitar o fantasma da censura

28/01/2017

A cidade da saudade

Hoje percebo que já sentia saudade de Londrina antes mesmo de conhecer Londrina

PUBLICAÇÕES ANTERIORES
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados