Remadas rumo ao Mundial


Lucio Flávio CruzReportagem Local
Lucio Flávio CruzReportagem Local
Igor Tofalini, Roberto Silva, Geovane Vieira e Brenda Kelen integram a equipe do Iate Clube que disputa a seletiva neste fim de semana
Igor Tofalini, Roberto Silva, Geovane Vieira e Brenda Kelen integram a equipe do Iate Clube que disputa a seletiva neste fim de semana | Anderson Coelho



Um dos principais nomes da paracanoagem brasileira, o cambeense Igor Tofalini, de 33 anos, disputa neste fim de semana a primeira competição oficial do ano e tem como objetivo se manter entre os melhores do País e na seleção brasileira. A Copa Brasil de Canoagem de Velocidade e Paranacanoagem será neste sábado (11) e domingo (12) no Parque Iguaçu, em Curitiba. A primeira etapa vale pontos para o ranking nacional e é seletiva para competições internacionais – os dois primeiros colocados de cada categoria garantem vaga na seleção de 2017. "Estou bem focado e espero fazer as marcas dos treinos lá. Estou confiante em trazer este título para Londrina", frisou Tofalini, que treina no Iate Clube de Londrina.

Um bom resultado na Copa Brasil garante uma vaga na seleção e a oportunidade de voltar a treinar no Centro de Treinamento de Paracanoagem da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), na Universidade de São Paulo (USP). Igor Tofalini ficou no CT seis meses em 2016 se preparando para as Paralimpíadas do Rio de Janeiro, competição na qual chegou à semifinal. "Aqui no Iate temos todos os equipamentos necessários e a estrutura do clube é boa, como academia e as condições do lago. A vantagem do CT é que você pode contar com um acompanhamento específico de uma equipe multidisciplinar, além de três treinadores", revelou.

Igor, que mora em Londrina, foi campeão em 2015 da Copa Brasil nas provas dos 200 e 500 metros na categoria Kl2 (para atletas com funções parciais de tronco e pernas). Os principais concorrentes de Tofalini são o sul-mato-grossense Fernando Rufino, vice-campeão mundial em 2015, e o cascavelense Alex Pessoa. Os três integraram juntos a seleção brasileira na última temporada. "Eles têm marcas importantes e um histórico na modalidade. Mas vou com o objetivo de superá-los", apontou.

Além da Copa Brasil, Tofalini mira também o Sul-Americano e o Campeonato Mundial, que será em agosto na República Tcheca. Em 2016, em seu primeiro mundial, Igor disputou a final B.

EQUIPE
A equipe de paracanoagem do Iate Clube foi campeã do Parajaps (Jogos Abertos Paradesportivos do Paraná) em 2016 e conta atualmente com oito atletas. Além de Igor Tofalini, mais quatro vão disputar a Copa Brasil. Geovane Vieira compete na categoria Kl3 (função de tronco e parcial de pernas) e Anderson Benatti, na Kl1 (função limitada de tronco e sem função de pernas). Já Roberto Ferreira da Silva e Brenda Kelen, que disputam a primeira competição nacional, serão avaliados nesta sexta-feira (10) para saber em quais classes serão inseridos. "A expectativa é por bons resultados. Estamos trabalhando forte desde janeiro e, além, do Igor, o Geovane e o Anderson evoluíram muito e, de uma forma geral, todos os tempos melhoraram", afirmou o técnico Gelson Moreira.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo