Londrina demite Fantick. E o Paraná troca Ary por Geninho


Fernando Tupan 
De Curitiba
Fernando Tupan De Curitiba

Em posições antagônicas no Grupo A do Módulo Amarelo da Copa João Havelange, Londrina e Paraná Clube decidiram ontem trocar de técnicos. Ary Marques foi demitido do cargo de treinador do Paraná Clube dois dias após a derrota de 1 a 0 para o Criciúma. O novo técnico é Eugênio Machado Souto, o Geninho, que assumiu ontem e dirige o Tricolor contra o Botafogo de Ribeirão Preto, amanhã, às 20 horas, no Estádio Durival de Britto e Silva. O Paraná é o sexto colocado com 10 pontos ganhos em seis partidas.
Lanterna com dois pontos ganhos e sem nenhuma vitória, o Londrina também optou pela mudança de treinador: Fantick, que vinha dirigindo o time interinamente, fez críticas à equipe no domingo e perdeu o cargo. Até o fechamento desta edição, os dirigentes do Tubarão ainda não haviam definido o nome do novo técnico. Cláudio Marques, que reside em Curitiba, é um dos cotados para assumir o time. O Londrina recebe amanhã, às 20h30, o União São João-SP, no Estádio Vitorino Gonçalves Dias.
O gerente de futebol do Londrina, Ciro Antônio Rios, confirmou ontem a saída do técnico Fantick. Ele vinha orientando o time interinamente desde a saída repentina do técnico Valter Ferreira no dia 20, do qual era auxiliar. Fantick, que deveria retornar à sua antiga função a partir desta semana, deve mesmo ser demitido após seu desabafo realista ao final do jogo de domingo contra o Bragantino quando o Londrina foi derrotado por 2 a 1. Ele dissera que ‘‘nem Luxemburgo daria jeito’’ no time.
Rios teria uma conversa ontem à noite com Fantick para comunicar sua demissão. Hoje os jogadores voltam aos treinos sem saber quem vai orientá-los no jogo de amanhã contra o União São João de Araras, em jogo confirmado para o Estádio Vitorino Gonçalves Dias, às 20h30.
Contatado no começo da noite de ontem pela Folha, o técnico Cláudio Marques informou ter conversado com Ciro Rios na quarta-feira passada durante o jogo do Londrina com o Paraná, em Curitiba. Marques, no entanto, negou que já tenha acertado seu ingresso no Tubarão.
Ciro Rios também não confirmou a contratação. ‘‘Tem uma série de treinadores querendo dirigir o Londrina, pois sabem que o clube é uma vitrine. Mas é preciso ter paciência para escolher um nome certo. Precisamos de uma pessoa que assuma o comando do time e procure soluções com os jogadores’’, explicou Rios, garantindo que vai haver dispensas de jogadores. ‘‘Todos tiveram oportunidade e alguns não souberam aproveitar. Não viemos aqui para jogar dinheiro fora e passar vergonha’’, reagiu o gerente de futebol.
Dois dos reforços prometidos chegam hoje à cidade: o meia Flávio Goiano (ex-15 de Piracicaba) e o atacante Marquinhos (ex-São Caetano). Pelo menos outros quatro jogadores deverão ser contratados, segundo o gerente de futebol.
Paraná – O destino de Ary Marques no Paraná Clube estava selado desde a vitória por 3 a 0 para o Londrina, na quarta-feira passada. O dirigente Ocimar Bollicenho confessou ter ficado angustiado por aquela partida. ‘‘O time tem condições de produzir mais. Nós vencemos o Londrina por sorte. Se fosse outra equipe, dificilmente nós teríamos conseguindo. Nosso time estava jogando na retranca’’.
A missão de Geninho é transformar o Paraná da água para o vinho. Nesta Copa João Havelange o time vem sendo chamado de retranqueiro, marcou seis gols e levou apenas dois. Até agora o tricolor não conseguiu nenhuma vitória fora de casa. Pelo discurso do novo técnico é exatamente isso que irá acontecer: acabar com a má fama. ‘‘Quero deixar a equipe mais ofensiva. Eu vi a partida contra o Criciúma e deu para ter uma idéia dos principais defeitos da equipe: os compartimentos estão separados, os atacantes jogam isolados já que os meias jogam distantes e os laterais não procuram a linha de fundo’’.
Geninho trabalhou com o meia Hélcio, na Matonense, em 98. Além dele, o técnico também conhece bem o lateral-esquerdo Ronaldo Alfredo, o zagueiro Nem, o lateral-direito Gil Baiano e o atacante Rinaldo. Para o jogo de amanhã ele pretende fazer uma ou duas modificações na equipe. A definição só acontece após o coletivo de hoje à tarde, na Vila Capanema.


Continue lendo


Últimas notícias