Malditos nazistas

Pequena coletânea das atrocidades cometidas pelo regime mais assassino de todos os tempos ao longo dos últimos 100 anos

Malditos nazistas que já em 1919 criaram o modelo para os sistemas de campo de concentração e extermínio, depois copiado por tiranos de todo o planeta.

Malditos nazistas
iStock
 


Malditos nazistas que perseguiram impiedosamente as etnias consideradas inferiores: judeus, ucranianos, poloneses, letões, lituanos, estonianos, calmucos, tchetchenos, inguches, bálcaros, tártaros, carachais, armênios e tantos outros povos.




Malditos nazistas que dividiram a sociedade em partes irreconciliáveis, sendo uma delas privada do caráter humano e transformada em coisa: a classe dos inimigos do povo.


Malditos nazistas que confiscaram até mesmo pequenas propriedades e aniquilaram todos aqueles capazes de gerar prosperidade econômica.


Malditos nazistas que se organizaram como máfia para tomar o poder e destruir as instituições da sociedade civil.


Malditos nazistas que atacaram sem dó as religiões populares, incendiando e demolindo igrejas, torturando e matando sacerdotes, prendendo e calando fiéis, tudo em nome do supremo deus materialista do Estado.


Malditos nazistas que espalharam o caos por todo o país, a tal ponto que em 1937 não havia uma só família que não tivesse alguém preso ou executado pelo regime.


Malditos nazistas que praticavam cerca de 40 tipos de tortura diferentes nos porões do sistema prisional.


Malditos nazistas que aparelharam toda a imprensa e toda a cultura.


Malditos nazistas que transformaram as escolas em centros de lavagem cerebral e incitaram as crianças a denunciar os próprios pais.


Malditos nazistas que provocaram a fome generalizada e transformaram um país em um campo do desespero, com 3,9 milhões de mortos em 1933-34.


Malditos nazistas que tentaram dar um “grande salto para frente” e mataram 40 milhões de pessoas na tentativa.


Malditos nazistas que esvaziaram as cidades e obrigaram a população a se mudar para campos de trabalho forçado, matando 900 mil pessoas em pouco mais de um ano.


Malditos nazistas que atormentaram as pessoas a ponto de fazê-las enfrentar o mar com barquinhos improvisados — sendo que 80 mil homens, mulheres e crianças hoje repousam no fundo do oceano.


Malditos nazistas que realizaram o maior estupro coletivo de todos os tempos — com 3 milhões de mulheres violentadas em 1945.


Malditos nazistas que prenderam milhares de seus heróis de guerra na volta para casa, conduzindo-os ao degredo, à prisão e à morte.


Malditos nazistas que usaram o terror e a corrupção como método de governo.


Malditos nazistas que financiaram movimentos terroristas e ditaduras genocidas por toda parte.


Malditos nazistas que destruíram a paz e a liberdade, ao mesmo tempo em que as utilizavam como propaganda enganosa.


Malditos nazistas que separaram pais e filhos, homens e mulheres, jovens e adultos, heterossexuais e homossexuais, brancos e negros, ricos e pobres, irmãos e irmãos.


Malditos nazistas que mataram 250 milhões de seres humanos (em tempos de “paz”).


Só há um detalhe. Não foram os nazistas que fizeram tudo isso — foram os comunistas. Os partidários de Hitler eram monstros genocidas, e jamais poderão ser tolerados. Mas os comunistas conseguiram (e conseguem) ser piores. Basta!


#ComunismoÉCrime

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias