|
  • Bitcoin
  • Dólar
  • Euro
Londrina

Folha Gente 5m de leitura Atualizado em 01/03/2019, 19:19

Entusiasmo geral no lançamento da Exposição da SRP

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 01 de março de 2019

Oswaldo Militão
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Com a presença do governador Ratinho Junior, do secretário estadual de Agricultura, Norberto Ortigara, dos deputados federais Luiza Canziani, Filipe Barros e Diego Garcia, do deputado estadual Tiago Amaral e dos prefeitos Marcelo Belinati, de Londrina, e José do Carmo Garcia, de Cambé, a Sociedade Rural do Paraná lançou oficialmente, e com entusiasmo geral de seus diretores e participantes, a 59ª Exposição Agropecuária e Industrial de 2019, com o recinto José Garcia Molina repleto de autoridades, sócios e convidados. O governador Ratinho Junior praticamente confirmou a presença do Governo do Estado durante a ExpoLondrina, como ocorreu nos últimos anos. Estiveram presentes também ao lançamento do grande evento, outros prefeitos de cidades da região, parceiros, expositores, conselheiros da SRP, em uma noite alegre, que teve a Camerata da Unicesumar como atração na abertura da noite, e a Banda Sr. Bonifácio, animando o ambiente geral, durante a recepção. A parte social do evento foi organizada pelas diretoras Silvana Kantor e Rita Ribeiro. Como se sabe, a ExpoLondrina será realizada de 5 a 14 de abril, no Parque Ney Braga. As fotos são da recepção aos convidados, parceiros, autoridades e dirigentes da entidade do Parque Ney Braga

Imagem ilustrativa da imagem Entusiasmo geral no lançamento da Exposição da SRP
|  Foto: Divulgação


O governador Ratinho Junior e o presidente da Rural, Antonio Sampaio, o anfitrião do evento

Imagem ilustrativa da imagem Entusiasmo geral no lançamento da Exposição da SRP
|  Foto: Divulgação


Moacir e Mercedez Sgarioni, ele diretor administrativo da Sociedade Rural.

Imagem ilustrativa da imagem Entusiasmo geral no lançamento da Exposição da SRP
|  Foto: Divulgação


Silvana Kantor, Inês Brandão e Anna Sampaio, a presença feminina no recinto José Garcia Molina

Imagem ilustrativa da imagem Entusiasmo geral no lançamento da Exposição da SRP
|  Foto: Divulgação


Os empresários Evaldo Medina Fabian e Alcides Spoladore, foram aplaudir a próxima ExpoLondrina

Imagem ilustrativa da imagem Entusiasmo geral no lançamento da Exposição da SRP
|  Foto: Divulgação


O vereador Felipe Prochet, com José Luiz da Silva, o diretor da entidade, Ricardo Rezende, o deputado estadual Tiago Amaral e Gustavo Amaral

Imagem ilustrativa da imagem Entusiasmo geral no lançamento da Exposição da SRP
|  Foto: Divulgação


Os ex-presidentes Fernando Prochet, Brasilio de Araújo Neto, com o presidente Antonio Sampaio e os ex-presidentes Luis Meneghel Neto e Edson Neme Ruiz

Imagem ilustrativa da imagem Entusiasmo geral no lançamento da Exposição da SRP
|  Foto: Divulgação


Os empresários Ary Sudan e Luis Fernando Coelho da Cunha, entre os convidados da SRP

Imagem ilustrativa da imagem Entusiasmo geral no lançamento da Exposição da SRP
|  Foto: Divulgação


O prefeito Marcelo Belinati com seu filho Nicolas. Ele foi um dos oradores da noite, dando as boas vindas a mais um grande evento da Rural

Imagem ilustrativa da imagem Entusiasmo geral no lançamento da Exposição da SRP
|  Foto: Divulgação


Mariana e o deputado federal Filipe Barros, muito cumprimentados pelos ruralistas, pois se casaram recentemente

***



O Canadá está oferecendo mais de 400 vagas de trabalho para brasileiros, na Província de Quebec. Vão vagas disponíveis, notadamente nas áreas de tecnologia da informação, saúde e automação industrial. Os brasileiros interessados podem se cadastrar no site Quebec na Cabeça até o dia 7 de março. As entrevistas serão realizadas dias 27 e 28 de abril, em São Paulo. Se falar um pouco de francês, melhor ainda, pois é língua oficial do Canadá, bem como a língua inglesa.

***



Para Holger Marquardtd, diretor de marketing da Mercedes-Benz, "O carro do futuro será um celular sobre quatro rodas".

***



Vender alimentos é ótimo: 656 bilhões de reais foi o que faturou o setor no Brasil, no ano passado. A informação é da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos. O segmento gerou também cerca de 14 mil empregos.

***



Muita gente protestou contra a solicitação do ministro da Educação, pedindo que os alunos cantem o Hino Nacional, antes de começar o dia de aulas, e que sejam gravados, filmados e que enviem para o MEC. Tanto que o ministro voltou atrás, e de agora em diante só enviarão imagens de meninos e meninas cantando o hino, se os pais autorizarem, e a escola desejar fazê-lo. Quer dizer, nada mais será obrigatório, e também sem o lema que faça lembrar a campanha do presidente Jair Bolsonaro.


Só que não sabemos de qualquer protesto sobre o fato de escolares dançando e cantando funk, algumas letras meio impróprias para as idades, que também são filmados e divulgados em redes sociais. Se a Coluna estiver errada, informe-nos melhor, por favor.

***



Rogério Medeiros, vice-síndico do Mercado Municipal do Shangri-lá, pedindo mais uma vez que a CMTU pense em colocar zona azul, ao redor do local.

***



É preciso que as penas sejam cumpridas, para que as leis sejam eficazes. Foi o que disseram em sala de aula em curso de direito em Londrina, em conversas sobre o projeto anticrime do ministro Sérgio Moro.

***



O leitor Deraldo Mancini escreve de Umuarama e conta: "Fui aluno do professor J. J.Puls em 1948, no Colégio Londrinense, onde permaneci até 1953. Ao lado dele, brilhavam outros mestres inesquecíveis, comandados por Zaqueu de Melo, como os professores Couto Costa, Soethe (que fundou depois a revista Panorama, em Curitiba), o poeta Almo Saturnino de Magalhães, Enio Romanholi e Odésio Franciscon. Um timaço que deixou saudades. Um grande abraço". Também estudei no Londrinense, e tive como professores J. J. Puls, Couto Costa e Almo Saturnino, que lecionavam respectivamente física e química, matemática e português e também o prof. Zaqueu de Melo, que ensinava filosofia.

***



Em 1958, o prof. Zaqueu, que era deputado estadual, desiludido com os políticos que faziam parte da Assembleia Legislativa, desistiu de disputar a reeleição. Pegou todas as suas cédulas de propaganda e outros materiais de campanha, fez um monte na Praça Jonas de Faria Castro, chamou a minha classe do terceiro cientifico noturno e, a pedido dele, queimamos tudo. E ele nunca mais disputou qualquer eleição. É nome de teatro em Londrina, em homenagem das mais merecidas.

***



Um homem de negócios da cidade disse a esta Coluna, que é verdade sim que Londrina perdeu uma fábrica da indústria farmacêutica, porque faltou apoio do governo estadual. Que a secretaria da Fazenda do Paraná não ajudou, não colaborou, e que os donos da empresa levaram a nova unidade para Friburgo, no Estado do Rio, onde obtiveram a ajuda que desejavam. Com isso esta cidade perdeu cerca de 3 mil empregos, diretos e indiretos.

***



Pergunta feita, na Santa Casa de Londrina, por uma futura mamãe: tem alguma idade ideal para a gente ter filho? Resposta ouvida da enfermeira presente: Claro que não, não há regras para isso. O que é preciso é saber que você entra com o marido, são dois, portanto, e quando saírem, serão três...E com a responsabilidade aumentada...

instagram

ÚLTIMOS POSTS NO INSTAGRAM