VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Mundo
21/04/2017

Londrinense relata terror

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

A londrinense Miriam Girardot, guia turística em Paris, contou à FOLHA o clima de medo que tomou conta da cidade. "A Champs Élysées foi totalmente fechada. As lojas e restaurantes baixaram as cortinas com clientes dentro. Algumas estações de metrô foram fechadas e, rapidamente, já não havia ninguém nas ruas", relatou. "No começo chegou a ser cogitado que se tratava de um assalto armado a uma loja na Champs-Élysées, mas em seguida foi confirmado que o atirador já era fichado e as características eram de um atentado terrorista", completou.
PUBLICIDADE

Miriam, que mora há 17 anos em Paris, acredita que a violência poderá influenciar a eleição presidencial francesa, marcada para domingo (23). "Acompanhando as notícias, penso que esse ataque terrorista pode favorecer a extrema-direita na eleição presidencial de domingo", disse, referindo-se à candidata Marine Le Pen, da Frente Nacional (FN), partido com programa centrado em ações anti-imigração.

Miriam lembrou que, desde que chegou à França, quatro atentados foram registrados. "O medo existe, mas aprendemos a conviver com isso. Após o atentado ao jornal Charlie Hebdo [2015], a população reagiu saindo às ruas e mostrando união, houve uma grande solidariedade. Acredito que desta vez não será diferente", pontuou.
Celso Felizardo e Vitor Ogawa
Reportagem Local
NOTÍCIAS RELACIONADAS
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados