VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Geral
05/11/2017
EDUCAÇÃO E SURDEZ

Professores classificam temática da redação do Enem 2017 como necessária e esperada

Especialistas apontam, porém, que falar de forma tão específica sobre a surdez pode ser uma dificuldade para candidatos

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

Arquivo Folha
Arquivo Folha


Para professores especializados ouvidos pela FOLHA, o tema da redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2017, "Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil", não surpreendeu pela temática inclusão, mas sim por tratar de algo de forma tão específica. Segundo Flávia Cabral, professora de redação em um curso preparatório, o exame tem priorizado assuntos relevantes, mas que não necessariamente são os considerados do momento.
PUBLICIDADE

"Assim como foi com o tema da violência contra a mulher (2015), que foi próximo da Lei Maria da Penha completar dez anos, e o tema da Lei Seca (2013), que aconteceu quase dois anos depois da implantação da lei, a temática inclusão é presente na nossa sociedade e ganhou ainda mais mídia a partir das paralimpíadas de 2016. Por isso o tema inclusão e educação eram esperados e trabalhamos isto durante o ano", apontou Cabral, que é professora do curso e colégio Sigma e supervisora de produção de texto no colégio Universitário.

Para a professora de redação e língua portuguesa Vânia Silva, a maior dificuldade dos alunos seria quanto ao repertório de conhecimento sobre a surdez para produzir o texto. "É um tema complexo, mas relevante e que vem sendo abordado em concursos. Para o candidato, que poderia esperar algo sobre inclusão, mas não a surdez, é importante abordar várias áreas do conhecimento, mostrando domínio da temática. Uma competência do Enem é o seu caráter argumentativo e quanto mais propostas se usa, mais isto pode se tornar um diferencial", elenca. Além de dar aulas de redação e português no colégio Londrinense, ela também é monitora de redação no curso Saber.

De acordo com as profissionais, o viés da Lei Brasileira de Inclusão e da Constituição é necessário para desenvolver uma redação sobre educação e surdez. "Em um primeiro momento a pessoa teria que falar sobre o direito a igualdade, que é fundamental e previsto na nossa Constituição. Ela poderia levar isso em consideração no contexto da educação, a partir do surdo, que é um público a margem. Além disso, é necessário falar sobre a questão do respeito, que talvez seja o mote de toda esta temática", sugere Flávia Cabral.

Atenta a questão da inclusão, Vânia Vargas afirma que contextualizar o deficiente com surdez na história também é relevante. "O candidato precisa tomar cuidado com a nomenclatura, porque a própria lei já não trata mais a pessoa portadora de deficiência, mas a pessoa com deficiência, pois não é algo que se porta para retirar. Um olhar na perspectiva histórica é significativo, pois o entendimento desta temática na Idade Média, na época da Segunda Guerra Mundial e hoje são totalmente diferentes", destaca a professora, que perdeu a visão há quatro anos.
Pedro Marconi
Reportagem Local
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO
ENEM 2017

Desafios para Formação Educacional de Surdos é o tema da redação do Enem 2017

O tema da redação deste ano segue a tendência das últimas edições do Enem, que costuma abordar temas sociais

ATRASADOS ENEM

Nenhum atraso registrado no maior colégio de Londrina

Portões dos locais de provas para o Enem 2017 neste domingo (5) abriram às 12h e fecharam, impreterivelmente, às 13h

SEM ENERGIA E COMUNICAÇÃO

Tempestade destelha casas, derruba postes e árvores em Tamarana; prefeitura levanta estragos

Até a tarde deste domingo, a população seguia sem abastecimento de água e algumas casas continuavam sem energia elétrica; as aulas na rede municipal e estadual estão suspensas

NERVOSISMO X ANSIEDADE

Misto de sentimentos no primeiro dia do Enem

Em Londrina, alguns preferiram chegar bem cedo para não correrem o risco de ficar do lado de fora; outros escutavam músicas

ENEM 2017

Para candidatos, prova foi objetiva e menos cansativa

Prova contou com perguntas relacionadas ao atual momento do Brasil e do Mundo e fatos importantes da história

REDAÇÃO ENEM

Candidatos tentam adivinhar tema de redação

Aposta da candidata Ingrid Maller, de 17 anos, foi a Reforma da Previdência: "O Enem sempre aborda temas atuais"

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados
HOSPEDADO POR
Hospedado por Mandic