VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Folha 2
29/06/2008

Na torcida pelo quadrinho paranaense

Troféu HQMix, o mais importante da nona arte nacional, celebra bom momento no Estado com indicação recorde de autores e homenagem

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois
Ilustração de Marco Jacobsen
Reprodução
‘Quadrinhópole’ de Leonardo Melo e André Caliman
‘Dinossauro do Amazonas’ de Antônio Eder e Plínio
Obra do ilustrador André Caliman

O quadrinho paranaense vive um bom momento. Nunca tantos autores e produções daqui ganharam destaque Brasil afora e mantiveram a regularidade de publicações como agora. As evidências estão aí, nas lojas especializadas, nos eventos e lançamentos de independentes, e também no Troféu HQMix, a principal premiação da nona arte no Brasil, que neste ano conseguiu ultrapassar a rodovia Régis Bittencourt e conta com 12 indicações paranaenses, um recorde para a arte sequencial de nosso Estado. De quebra, o homenageado da vez é o pesquisador e desenhista Claudio Seto, paulista radicado em Curitiba já há bastante tempo.

O Troféu HQMix foi criado em 1988, pelo então editor Gualberto Costa, hoje dono da HQMix Livraria, reduto obrigatório para fãs da nona arte em São Paulo, e pelo cartunista JAL. De lá pra cá, ganhou notoriedade, superou o Prêmio Ângelo Agostini, outra premiação do quadrinho nacional, e pode ser considerado o mais importante do setor no Brasil atualmente.
Os quadrinhistas Leonardo Melo e André Caliman, que em Curitiba organizam mensalmente o encontro de interessados por arte gráfica denominado ''Pow-Pin-Buf!'' em um bar da Capital, estão presentes em três indicações. Leonardo concorre na categoria ''Roteirista Revelação'' e André em ''Site de Autor'', com o endereço www.andrecaliman.com. A dupla também pode faturar junta o prêmio de ''Publicação Independente de Grupo'', com a quarta edição de ''Quadrinhópole'', que, se ainda não mantém o mesmo nível de qualidade de uma para outra, pelo menos tem sido lançada com regularidade.
Quem também concorre como melhor ''Site de Autor'' é o curitibano José Aguiar, um dos que não se cansam em colocar em evidência os trabalhos paranaenses em seu endereço virtual, o www.joseaguiar.com.br. Apesar de seu nome não constar oficialmente na lista, o artista também concorre em ''Exposição'', com ''Viajando em Quadrinhos pela França e Alemanha'', em Icaraí (RJ); e em ''Evento'', com os 25 anos da Gibiteca de Curitiba. Aguiar foi atuante em ambos os eventos e só não tem entre os indicados seu mais novo trabalho, ''Quadrinhofilia'', porque foi publicado este ano e a premiação envolve o material lançado entre janeiro e dezembro de 2007.
A lista de paranaenses engorda com o humor do cartunista Benett, em ''Salmonelas'', que concorre a melhor ''Tira Nacional'', e a indicação de ''Site Sobre Quadrinhos'', com a presença do www.bigorna.net, tocado pelos londrinenses Eloyr Pacheco e Humberto Yashima. O consagrado traço de Solda não compete, mas suas críticas bem-humoradas e interessantes notas do cotidiano do blog cartunistasolda.blogspot.com estão no rol de indicados em ''Blog/Flog de Artista Gráfico''.
O cartunista da Folha, Marco Jacobsen, curte um pouco mais do sucesso de seu álbum de coletâneas e trabalhos inéditos, ''Confesso'', apontado entre os melhores na categoria ''Publicação de Cartuns''. O ilustrador Paixão também foi lembrado em ''Chargista'' e os quadrinhistas Plínio e Antônio Éder, que atualmente adaptam uma radionovela para a nona arte em ''Dinossauro do Amazonas'', buscam o troféu de ''Publicação Independente de Autor''.
Resta agora torcer para que os representantes paranaenses saiam vitoriosos no dia 23 de julho, quando a festa de entrega dos troféus acontece no Sesc Pompéia, em São Paulo. E ainda dá tempo de votar: a cédula não é nada prática mas basta ver os indicados no site www.hqmix.com.br e enviar os preferidos para o e-mail do mesmo, até o dia 10 de julho.
Claudio Yuge
Equipe da Folha
CONTINUE LENDO

Nos brocados da memória

Figurino e caracterização de 'Ciranda de Pedra' resgatam o glamour da década de 50, que se destacou na história da moda pelo abuso da feminilidade

Entrevista com Drummond

CD traz 90 minutos de conversas do poeta com a filha Maria Julieta

As muitas vidas de Valêncio Xavier

Aos 75 anos, escritor radicado em Curitiba ganha cinebiografia, adaptação de sua obra para as telonas e versão de seu livro mais famoso para teatro

Irene por inteiro

Atriz fala sobre seu novo personagem no teatro, faz críticas aos reality shows e mostra jogo de cintura para resolver problemas

Celia Musilli - O dia em que acordei em Tóquio

Ao ver tantos olhos puxados, pensava: desembarquei no Japão sem nunca ter pisado num trem-bala

Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados