VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Folha 2

A dança sinaliza a alegria

Festival de Dança de Londrina comemora 15 anos de existência trazendo 17 espetáculos nacionais e internacionais para a cidade; evento começa no próximo sábado (7)

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

Guto Muniz e Clarice Lambert/ Divulgação
Guto Muniz e Clarice Lambert/ Divulgação


Adotando a força revolucionária da alegria como conceito curatorial, o Festival de Dança de Londrina comemora 15 anos de existência com uma programação artística que fará um contraponto às discussões carrancudas que tomaram o campo das artes nas últimas semanas. O evento que será aberto neste sábado (7) e prossegue até o dia 15 promoverá 17 espetáculos e cinco oficinas com grupos e profissionais das artes cênicas vindos de diferentes regiões do País, além de trazer à cidade artistas de dois países da África: Guiné Conacri e República Democrática do Congo. Danças étnicas e contemporâneas, balé clássico, dança de salão, espetáculos de teatro e performance art integram a grade do festival.
PUBLICIDADE

"Escolhemos a alegria como temática porque apesar de tanta luta temos muito o que comemorar nestes 15 anos de trajetória do festival. Ao mesmo tempo, estamos num momento em que as artes e, sobretudo a dança, têm sofrido muitos ataques. Através dos espetáculos selecionados queremos mostrar que a arte tem essa função de tirar as pessoas de seu local de conforto e que todo mundo têm o direito de ser o que é, falar o que quer e produzir aquilo que acha necessário", destaca Danieli Pereira, coordenadora do evento.

Ela salienta que dois espetáculos selecionados tocam especificamente em temas contemporâneos e fundamentais que têm sido alvo de críticas, preconceitos e censuras. "Teremos o Balé de Londrina no dia 8, no Teatro Ouro Verde com o espetáculo 'Oração pelo Fim do Mundo', que fala sobre violência contra a mulher e o ser humano e sobre preconceitos. E o festival traz a Londrina, pela primeira vez, 'Luis Antonio – Gabriela', da Cia Mungunzá de Teatro (SP). Este espetáculo que será apresentado no dia 11 foi muito premiado e conta a história real de Luis Antonio, homossexual que desafiou as regras de uma família conservadora dos anos 1960 e partiu para a Espanha sob o nome de Gabriela, onde transformou-se em estrela da noite e morreu anos depois, viciada em cocaína e portadora do vírus da Aids. Abriremos a discussão sobre a questão de gênero, tão em voga diante da guerra entre direitos conquistados e a onda conservadora atual", comenta.

A festividade pelos 15 anos de existência do festival estará representada logo na abertura do evento, dia 7, no Teatro Ouro Verde, com o Balé Teatro Castro Alves, companhia de Salvador com 36 anos de trajetória e que, pela primeira vez, apresenta seu mais novo espetáculo fora do território nordestino. Trata-se de "Lub dub", que tem como tema tudo o que pulsa e percute – desde os tambores em várias culturas até o corpo humano. Os ingressos para a apresentação são gratuitos e podem ser retirados nas bilheteria oficiais a partir desta quarta-feira (4), sendo no máximo dois por pessoa.

O espetáculo ‘Pretérito Imperfeito’, com a Mimulus Cia de Dança (MG), no alto à esquerda, e ‘Devolve 2 Horas da Minha Vida
O espetáculo ‘Pretérito Imperfeito’, com a Mimulus Cia de Dança (MG), no alto à esquerda, e ‘Devolve 2 Horas da Minha Vida", Projeto Mov_oLA (SP), integram a programação do Festival de Dança de Londri


No dia 8, uma "celebração de abertura" acontece no Aterro do Lago Igapó. É o "Bollywood Cosmic Dance", flash mob inspirado nas danças cinematográficas da Índia e em danças étnicas de várias culturas conduzido pelo Coletivo Cosmic Dance (São Paulo-SP). O encerramento alinha-se com a proposta interativa e festiva. Quem fecha as cortinas do Festival no dia 15 de outubro é a cantora e bailarina africana Fanta Konatê e o Grupo Djembedom (Guiné Conacri/Brasil), com um show aberto na Concha Acústica, às 16 horas. De dança coletiva e fortes batidas também será a programação do feriado, dia 12 de outubro. A partir das 14 horas e ao longo de toda a tarde, o Festival leva ao Zerão uma série de atrações: marchinhas de palhaços e oficinas lúdicas com integrantes do Centro Londrinense de Arte Circense (o "CarnaCLAC"), e o show "Carnaval é o ano todo", do Bloco Bafo Quente passeando por um repertório animado que vai do samba ao rock, do funk ao maracatu - todos os ritmos adaptados à formação percussiva do coletivo.

Incensada internacionalmente, a Mimulus Cia de Dança (Belo Horizonte-MG) é um dos destaques da programação, às 20h30 do dia 10, no Teatro Ouro Verde. Ela traz à cidade "Pretérito Imperfeito", montagem poética sobre a memória - os passados inconclusos que formam o nosso presente. Outra atração de peso é "Devolve 2 horas da minha vida", do Projeto Mov_oLA (São Paulo-SP), no dia 11. Agraciado com importantes prêmios como o APCA 2016 de melhor espetáculo a montagem faz uma releitura contemporânea do clássico "Janela Indiscreta", de Alfred Hitchcock. Também sobre os impactados da tecnologia nos nossos dias, "Sr. Will", da Giro8 Cia de Dança (Goiânia-GO), leva ao palco do Ouro Verde no dia 13 um carrinho de controle-remoto em jogo com os bailarinos. Na direção oposta ao desmantelamento virtual, o bailarino e coreógrafo Faustin Linyekula, dos Studios Kabako (República Democrática do Congo, África), centra a força significativa do espetáculo "Le Cargo" ("A Carga") na potência do corpo atravessado por memórias. A montagem será apresentada no sábado, dia 14, às 21 horas, no Teatro Ouro Verde.

O Festival de Dança de Londrina tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e do Promic (Programa Municipal de Incentivo à Cultura). O evento é uma realização da APD (Associação dos Profissionais de Dança de Londrina e Região Norte do Paraná), com apoio institucional da Funcart e da Casa de Cultura da Universidade Estadal de Londrina. Apoios: Ministério da Cultura e da Comunicação da França; Ministério do Desenvolvimento Internacional da França; Institut Français, TransArte, Loja Shop Ballet/Só Dança; Casa da Dança e Pastel Mel.

Atrações gratuitas
A proposta da programação do Festival de Dança deste ano, com metade dos espetáculos gratuitos e outra metade a preços acessíveis (R$10 e R$5), é conclamar o público a dançar junto dos artistas e transformar espaços inusitados em palcos a céu aberto. Algumas ações artísticas começam antes mesmo do dia 7. Às vésperas da abertura, bailarinos da Escola Municipal de Dança param o trânsito: realizam números curtos de clássico em semáforos do centro para lembrar a chegada do evento. Balões biodegradáveis com a marca do Festival também vão colorir o Calçadão e outros espaços da cidade. Tanto a abertura quanto o encerramento da edição 2017 serão gratuitas.

Serviço:
15º Festival de Dança de Londrina
Oficinas e espetáculos nacionais e internacionais
Programação no site: www.festivaldedancadelondrina.art.br
Informações: (43) 3342-2362
Ingressos: R$10 e R$5 (meia-entrada)
Pontos de venda:
Secretaria da Funcart (R. Senador Souza Naves, 2380) / Loja Shop Ballet (Rua Pio XII, 64 - loja 3) / Teatro Ouro Verde (Rua Maranhão, 85)

* Se houver ingressos restantes, eles serão vendidos no local da apresentação uma hora antes do espetáculo
Marcos Roman
Reportagem Local
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO

A autópsia do tempo

'O Som e a Fúria', romance mais complexo e radical do escritor William Faulkner, recebe nova edição

THIAGO NASSIF

Mas que coração é esse?

Edoarda Pedalino foi alvo de pergunta recorrente, nas últimas semanas: mas que coração é este? Os teasers, que agitaram as redes sociais....

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados
HOSPEDADO POR
Hospedado por Mandic