VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso gratuito ao
conteúdo Folha de Londrina
   ou   
para ter acesso ao melhor conteúdo do Estado.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Segunda-feira, 29 de Agosto de 2016
Esporte
30/06/2012
Só dá ele!

Stock Car: Cacá esmaga rivais e sai na pole em Londrina

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

A pole que o carioca Cacá Bueno (Red Bull) conquistou neste sábado e que o colocará à frente do grid da quinta etapa da Stock Car amanhã no Autódromo Internacional Ayrton Senna foi obtida com requintes de crueldade. O tetracampeão comandou todos os treinos desde a sexta-feira, sairá à frente pela terceira vez na temporada e, ocupando a segunda posição na classificação, tem tudo para desalojar o companheiro de equipe Daniel Serra da ponta da tabela. Serra sairá em 4º, atrás de Luciano Burti (Boettger), que completará a primeira fila, e Thiago Camilo (RCM).

Cacá é a face mais visível do rolo compressor que a equipe dirigida por Andreas Mattheis vem passando sobre os rivais. O time de Petrópolis ganhou as quatro corridas deste ano e sete das últimas oito da principal categoria do automobilismo brasileiro. Cacá, no entanto, mantém a cautela habitual e aceita o favoritismo com reservas. "Foi a classificação mais tranquila até agora, mas não tem nada decidido. O Burti cresceu muito nesta etapa, pilotos fortes como Camilo, Serrinha e Khodair estarão por perto", comentou. Lembrado que todos os pilotos da frente estarão nas mesmas condições - utilizaram o botão de classificação e não poderão mexer nas regulagens de cambagem e altura, além de o circuito ser de ultrapassagens improváveis -, admitiu com alguma relutância. "É verdade, as chances de vitória aqui são maiores."

A primeira parte da classificação foi intensamente disputada e a definição do último dos 10 que brigaram pela pole na parte final foi decidida nos últimos segundos. Átila Abreu conseguiu acesso ao grupo no apagar das luzes e deixou Marcos Gomes (Medley/Full Time) sem ingresso para a festa. "Nossa vantagem é que poderemos mudar o acerto do carro. Mesmo assim, será difícil avançar na corrida porque aqui é duríssimo de passar", analisou Gomes, que nem voltou à pista quando os boxes foram reabertos faltando menos de dois minutos depois da paralisação provocada por um acidente envolvendo Diego Nunes. "O carro estava muito traseiro e sobrecarregando os pneus", justificou. O companheiro Xandinho Negrão chegou a encabeçar a sua turma no Q1, mas rodou na Curva do Esse e partirá apenas em 18º. "Abusei demais na zebra, o carro deu um salto e não deu para controlar", disse.
Folhaweb com assessoria de imprensa
Continue lendo
14
Continue Lendo
Assine a Folha de Londrina
EDITORIAS
PolíticaGeralMundoCidadesEconomiaEsporteFolha 2OpiniãoÍndice de Notícias
SEÇÕES
ChargeColunistasIndicadoresTempoHoróscopoEdição DigitalGaleria de FotosClassificadosCadernos EspeciaisPromoçõesLoterias
SEMANAIS
ReportagemFolha GenteCarro & CiaImobiliária & CiaSaúdeEmpregos & ConcursosFolha CidadaniaNorte PioneiroCasa & ConfortoMercado DigitalFolha da SextaFolha Rural
CLASSIFICADOS
VrumLugar CertoFolha ClassificadosDiversos
SERVIÇOS
ComercialArquivoCapa do ImpressoExpedienteClube do AssinanteFale ConoscoAviso LegalPolítica de PrivacidadeTrabalhe ConoscoQuem SomosGuia GastronômicoAssine Já!
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados