VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Esporte
16/07/2017
QUASE

Ruim para os dois

Cruzeiro e Flamengo empatam em jogo movimentado no Mineirão e desperdiçam chance de subir na tabela

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

André Yanckous/AGIF/Estadão Conteúdo
André Yanckous/AGIF/Estadão Conteúdo - Éverton abriu o placar, mas rubro-negro não conseguiu diminuir a diferença para Corinthians; mineiros seguem fora do G6
Éverton abriu o placar, mas rubro-negro não conseguiu diminuir a diferença para Corinthians; mineiros seguem fora do G6


Belo Horizonte - Um empate que não ajudou. Cruzeiro e Flamengo têm muito pouco a comemorar, após o 1 a 1, na tarde de domingo (16), diante de um público de mais de 43 mil torcedores no Mineirão, em Belo Horizonte (MG). O meia Éverton abriu o placar para os cariocas, mas o atacante Sassá deixou tudo igual no confronto válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.
PUBLICIDADE

Na prática, o empate foi ruim, inclusive para os visitantes. Os mineiros viram cair a sequência de duas vitórias seguidas e ficaram com 21 pontos, ainda fora do G6 (zona de classificação para a Libertadores). O Flamengo perdeu a oportunidade de diminuir, pelo menos um pouco, a diferença para o líder Corinthians. Agora, tem 24 pontos, no quarto lugar, contra 36 dos corintianos.

Apesar do zero no placar, o primeiro tempo foi bastante movimentado. Os dois times não abriram mão de buscar o ataque, o que deixou o duelo muito agradável. O melhor lance do Cruzeiro aconteceu logo aos sete minutos. O meia Thiago Neves matou no peito dentro da área, mas chutou fraco nas mãos do goleiro Thiago.

O Flamengo também teve sua chance de abrir o marcador. O meia Éverton recebeu do atacante Guerrero na área e bateu cruzado. A bola saiu tirando tinta da trave direita do goleiro Fábio, que já estava batido no lance.

Os dois gols saíram apenas na segunda etapa. Os cariocas conseguiram sair na frente aos oito minutos. O lateral Rodinei recebeu de Guerrero e cruzou para a área. Éverton apareceu com liberdade na segunda trave e cabeceou, sem chances de defesa para Fábio.

O empate não demorou muito a acontecer. Aos 14 minutos, apenas um após entrar em campo, o atacante Sassá recebeu passe do lateral Diogo Barbosa e tocou na saída do goleiro Thiago. Depois dos gols, o ritmo do jogo caiu um pouco. Nem mesmo as alterações efetuadas pelos dois treinadores foram suficientes para a mudança no placar.

Na próxima quinta-feira (20), às 19h30, o Cruzeiro volta a campo para enfrentar o Fluminense, no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita (RJ). Enquanto isso, o Flamengo encara o Palmeiras, na quarta-feira (19), às 21h45, no Luso Brasileiro, no Rio.

FICHA TÉCNICA:

CRUZEIRO 1 X 1 FLAMENGO

CRUZEIRO - Fábio; Lucas Romero, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Ariel Cabral, Lucas Silva (Nonoca), Thiago Neves, Élber (Sassá) e Alisson; Rafael Sóbis (Rafael Marques). Técnico: Mano Menezes.

FLAMENGO - Thiago; Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Renê; Márcio Araújo, Cuéllar (Macuello), Éverton Ribeiro (Geuvânio), Diego (Berrío) e Éverton; Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

GOLS - Éverton, aos oito, e Sassá, aos 14 minutos do segundo tempo

ÁRBITRO - Rodolpho Toski Marques (PR)

LOCAL - Mineirão
Agência Estado
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO
REABILITAÇÃO

De bem com a torcida

Palmeiras se recupera após derrota no clássico, bate Vitória no Allianz Parque e assume quinto lugar no Brasileiro

CRISE

Calvário tricolor

São Paulo perde em Chapecó, fica a três pontos de escapar da ZR e aumenta pressão no Morumbi

SANTOS

Sem torcida, sem gols e sem graça

Com portões fechados no Rio, Peixe não sai do zero a zero contra o Vasco, punido pela confusão em São Januário

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados
HOSPEDADO POR
Hospedado por Mandic