VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Esporte
17/07/2017

PERSEGUIÇÃO - Grêmio vence e diminui a distância

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

Porto Alegre - O Grêmio voltou a vencer em casa no Campeonato Brasileiro. Neste domingo (16), o time gaúcho sofreu diante de uma Ponte Preta retrancada e até saiu atrás, mas Lucas Barrios marcou duas vezes e decidiu o confronto válido pela 14ª rodada. O Grêmio vinha de duas derrotas em seu estádio na competição. No início da rodada, a diferença entre Grêmio e Corinthians era de 10 pontos. Com o empate do Corinthians diante do Atlético-PR, caiu para 8 pontos.
PUBLICIDADE

O Grêmio sofreu no primeiro tempo por conta da postura da Ponte Preta e de seus próprios erros. Sem profundidade, o time tricolor girou na frente da área e foi para o intervalo com apenas duas finalizações no gol. Para piorar, ainda viu os vice-campeões paulistas saírem na frente com um gol contra de Rafael Thyere, aos 35 minutos.

O segundo tempo foi diferente. Mais efetivo, o Grêmio andou sobre a linha tênue da velocidade e afobação. Conseguiu o empate após boa jogada de Pedro Rocha e conclusão de Barrios.

A virada veio aos 26 minutos, em cobrança de pênalti de Barrios. O resultado obrigou a Ponte Preta a sair e tornou o duelo perfeito para a proposta do time de Renato Gaúcho. Com espaços, Everton fez o terceiro gol.

Com o tropeço, a Ponte Preta segue em má fase no Brasileiro. A equipe de Campinas só ganhou um ponto nas últimas cinco rodadas e ocupa a 16ª colocação, com 15 pontos.

EM PORTO ALEGRE

GRÊMIO 3
Marcelo Grohe; Edílson, Rafael Thyere, Geromel, Bruno Cortez; Michel, Arthur (Fernandinho), Ramiro; Luan, Lucas Barrios (Marcelo Oliveira), Pedro Rocha (Everton). T: Renato Gaúcho

PONTE PRETA 1
Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Rodrigo, Jeferson; Fernando Bob (Jean Patrick), Jádson (Felipe Saraiva), Naldo, Renato Cajá (Negueba); Lucca, Émerson Sheik. T: Gilson Kleina

Gols: Rafael Thyere (contra) (Ponte Preta), aos 34min do primeiro tempo; Lucas Barrios (Grêmio), aos 11min e aos 25min, e Everton (Grêmio), aos 43min do segundo tempo
Jeremias Wernek
Folhapress
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO

VELOCIDADE - Para inglês ver

Em casa, Hamilton faz a festa, vê Ferrari sofrer com os pneus e fica apenas um ponto da liderança do campeonato

TÊNIS - Amor eterno

A lenda das quadras Roger Federer conquista o oitava título de Wimbledon e se torna o maior vencedor do Grand Slam londrino

CORINTHIANS - Em direção ao título

Após empate dentro de casa, Carille começa a fazer as contas e "projeta" conquista do Brasileirão com 72 pontos

TUBARÃO - Ataque de respeito

Grande problema do Londrina em 2016, sistema ofensivo deslancha e está entre os mais positivos do futebol brasileiro

De casa

"Entre um extremo e o outro, ainda prefiro uma equipe mais ofensiva mesmo que fique vulnerável lá atrás. Um time com poder de reação"

Coluna do PVC

O agravamento da crise no São Paulo tem a ver com decisões que tiram a confiança do elenco

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados