VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Esporte
19/05/2017

Meninas poderosas

Maior campeã de futsal feminino do Estado, Unopar estreia no Paranaense com a meta de voltar a briga pelo título após sete anos

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

Ricardo Chicarelli
Ricardo Chicarelli - Equipe ficou de fora de três edições por falta de recursos e patrocínios, mas busca a 16a conquista depois de chegar ao terceiro lugar em 2016
Equipe ficou de fora de três edições por falta de recursos e patrocínios, mas busca a 16a conquista depois de chegar ao terceiro lugar em 2016


A mais vitoriosa equipe do futsal feminino paranaense inicia, neste sábado (20), a disputa da nova temporada do campeonato estadual adulto. A Unopar/Londrina estreia em casa diante da Faculdade Guairacá de Guarapuava, às 16h, no ginásio da Unopar, no Jardim Piza. Outro representante de Londrina no campeonato será o Bandeirantes Recreação (Barec).
PUBLICIDADE

Dono de 15 títulos paranaenses – o último foi em 2010 -, a Unopar entra para ser campeã e superar o terceiro lugar de 2016. Apesar de ter uma equipe jovem, a técnica Jayne Borim acredita que é possível lutar por mais um título. "Trouxemos duas meninas que estavam no futebol de campo e também a goleira Neia, que vai voltar a jogar em Londrina. A nossa meta é melhorar a posição do ano passado", enfatizou.
Apesar de apostar no potencial da sua equipe, a treinadora reconhece a força de Cianorte e Telêmaco Borba, finalistas na última edição. O time do Noroeste foi o campeão. "Os dois têm grandes investimentos e Telêmaco, por exemplo, tem cinco jogadoras da seleção brasileira", frisou.
Como preparação para o Estadual, a Unopar venceu a Copa Kagiva, em abril, disputada em Toledo, com oito equipes. Na final, as londrinenses venceram Assis Chateaubriand por 5 a 3. "Aposto em uma competição muito equilibrada e precisamos buscar uma boa colocação na primeira fase para evitarmos cruzamentos difíceis já no mata-mata inicial", afirmou. "O adversário da estreia é forte e tem a base campeã sub-20 no ano passado. Temos que ter atenção".
O Paranaense terá dez equipes, que na primeira fase se enfrentam em turno único. Os seis melhores se classificam direto e os últimos quatro jogam a repescagem, com duas vagas para a segunda fase. A partir das quartas de final, a disputa será em jogos de ida e volta até a decisão.
Além dos dois clubes de Londrina, o Estadual terá a participação do Cianorte, Telêmaco Borba, Guarapuava, Seleto de Maringá, Ponta Grossa, Colombo, Arapongas e Assis Chateaubriand.
A primeira rodada será toda neste sábado. O Barec estreia em Ponta Grossa, às 20h30. Os demais jogos são: Cianorte x Colombo, Telêmaco Borba x Arapongas e Maringá x Assis Chateaubriand.

RECURSOS
O futsal feminino da Unopar também sofre com a falta de recursos e patrocinadores. Por isso, nos últimos seis anos ficou de fora de três edições do Paranaense (2011, 2012 e 2015). Além do Estadual, o planejamento da equipe é disputar ainda em 2017 os Jogos Abertos do Paraná e os Jogos Universitários. Não há definição se haverá Liga Nacional este ano. "Para isso, dependemos dos recursos do Fundo de Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe). Protocolamos o projeto e agora estamos esperando o resultado da licitação", explicou Jayne Borim. Por meio do Feipe, a Fundação de Esportes vai disponibilizar R$ 48 mil para o futsal feminino adulto.
Lucio Flávio Cruz
Reportagem Local
NOTÍCIAS RELACIONADAS
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO

Fim da linha

Londrina rescinde contrato com o goleiro Zé Carlos e o zagueiro Luizão, envolvidos em confusão após empate em Pelotas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados
HOSPEDADO POR
Hospedado por Mandic