VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Esporte
16/05/2017
CAMISA 9 DA SELEÇÃO

Jesus marca, City vence e fica perto de vaga na Champions

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

Anthony Devlin/AFP
Anthony Devlin/AFP - O argentino Aguero e o brasileiro Gabriel Jesus fazem a diferença para o City
O argentino Aguero e o brasileiro Gabriel Jesus fazem a diferença para o City

O Manchester City não teve trabalho para recuperar a terceira colocação na tabela do Campeonato Inglês, nesta terça-feira. Em dia especial pela despedida do argentino Zabaleta, a festa no Emirates Stadium ficou completa com o triunfo por 3 a 1 sobre o West Bromwich, com direito a gol do brasileiro Gabriel Jesus.

O resultado levou o City a 75 pontos, na terceira posição, ultrapassando novamente o Liverpool, que tem 73. A uma rodada para o fim da competição, a equipe está muito próxima de garantir uma vaga direta na fase de grupos da Liga dos Campeões. Já o West Bromwich é o nono colocado, com 45 pontos, sem ambições para a partida final.

O clima no Emirates Stadium era de festa antes mesmo de a bola rolar nesta terça, graças a Pablo Zabaleta. O argentino de 32 anos anunciou a saída do City ao fim da competição, após nove temporadas no clube, e foi recebido com faixas e cânticos em sua homenagem.

Em campo, Agüero começou agressivo e criou duas oportunidades nos primeiros minutos. Aos 16, deixou Sane em ótimas condições, mas o alemão desperdiçou. Na segunda, o City abriu o placar. Aos 26, o argentino recebeu de Touré e deu lindo toque de letra para De Bruyne. O belga invadiu a área e bateu cruzado, com desvio. Gabriel Jesus, no lugar certo, só teve o trabalho de empurrar para a rede.

Somente dois minutos depois, o time da casa voltou a marcar. Sané e Agüero fizeram bela tabela e na tentativa de acionar Jesus, a zaga afastou. A sobra, então, ficou com De Bruyne, que emendou de primeira de fora da área e fez belo gol.

O City não diminuiu o ritmo no segundo tempo e aproveitou a desatenção do adversário para ampliar aos 12 minutos. Yaya Touré tabelou pelo meio com Agüero, arrancou e tocou na saída do goleiro para fazer o terceiro e matar o jogo.

A oportunidade, então, se tornou perfeita para Pep Guardiola lançar a campo Zabaleta, em sua última partida diante dos torcedores da equipe. Mas quem voltou a brilhar no fim, foi Gabriel Jesus. Aos 22, ele passou por dois marcadores e bateu de canhota, colocado, para grande defesa do goleiro. Já aos 38, saiu de frente para Foster e tentou duas vezes, mas viu o rival levar a melhor em ambas. No fim, Rondon ainda diminuiu, aproveitando desatenção da zaga.

ARSENAL TAMBÉM VENCE - Quem também venceu nesta terça-feira pelo Campeonato Inglês foi o Arsenal. Em Londres, a equipe teve dificuldades diante do Sunderland, mas arrancou no segundo tempo e levou a melhor por 2 a 0, resultado que mantém viva a chance de classificação para a Liga dos Campeões.

O Arsenal é o quinto colocado na tabela do Inglês, com 72 pontos. Para ir ao principal torneio europeu na próxima temporada, precisa vencer na última rodada e torcer contra o Liverpool, que tem 73 pontos, ou o City. No caso de depender de um tropeço do time de Manchester, os londrinos ainda teriam que tirar diferença de cinco gols de saldo - 36 a 31.

Mas ao menos nesta terça, o Arsenal deu motivos para sua torcida celebrar. No primeiro tempo, chegou a marcar um gol bem anulado, no toque de mão de Giroud, e levou um grande susto, quando Cech precisou parar um recuo com as mãos para impedir o gol contra. Mas o Sunderland desperdiçou a cobrança de falta em dois toques na área.

Na etapa final, então, apareceu a estrela de Alexis Sánchez. Aos 27, Özil recebeu lançamento perfeito na área e tocou para o chileno marcar. Já aos 35, Giroud tentou a finalização após cruzamento da direita e a sobra ficou novamente com Sánchez, que definiu o resultado.
Agência Estado
CONTINUE LENDO

Decisão nas alturas

Santos pode garantir classificação na Libertadores, amanhã, contra time boliviano; Peixe só irá para La Paz na hora do jogo, na tentativa de minimizar os efeitos da altitude

Reestreia

Londrina quer esquecer derrota para o Inter no Café e buscar primeiros pontos na Série B, fora de casa, nesta terça-feira

Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados