VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Esporte
17/07/2017

CORINTHIANS - Em direção ao título

Após empate dentro de casa, Carille começa a fazer as contas e "projeta" conquista do Brasileirão com 72 pontos

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

Rodrigo Gazzanel/Futura Press/Estadão Conteúdo
Rodrigo Gazzanel/Futura Press/Estadão Conteúdo - O centroavante Jô marcou duas vezes, mas Timão não segurou resultado contra o Atlético-PR
O centroavante Jô marcou duas vezes, mas Timão não segurou resultado contra o Atlético-PR

São Paulo - Demorou 14 rodadas para o Corinthians sair atrás no placar pela primeira vez neste Campeonato Brasileiro. O empate por 2 a 2 com o Atlético-PR, em casa, no último sábado (15) à noite, no Itaquerão, também colocou fim à invencibilidade de Cássio na meta alvinegra. O goleiro não tomava um gol desde a vitória sobre o São Paulo, por 3 a 2, ainda pela sexta rodada da competição nacional.
PUBLICIDADE

Nestes sete jogos foram 674 minutos sem tomar gol, marca que o coloca como segundo goleiro do clube que mais tempo ficou sem ser vazado no Brasileirão. Ele agora só perde para Jairo, que, em 1978, ficou 957 minutos invicto.

Essas marcas caem justamente no momento em que Fábio Carille não pôde contar com dois jogadores em seu sistema defensivo. Destaque na vitória sobre o Palmeiras, com um gol e um pênalti sofrido, Guilherme Arana estava suspenso. Já o zagueiro Pablo está com uma contratura na coxa direita e sequer tem previsão de retorno.

Até por isso o treinador fez questão de exaltar o ponto conquistado em casa, ao invés de lamentar os dois pontos perdidos. "Sabíamos da dificuldade do jogo, criamos oportunidades, várias, mas campeonato é assim, mais um ponto conquistado, tem que valorizar esse ponto. Gostei do volume, pela semana que foi achei que seria menor, mas conseguimos imprimir um volume legal", disse, em entrevista coletiva, no Itaquerão.

O comandante também falou sobre a projeção de pontos que faz para o time que será campeão do Brasileirão no fim da temporada. "Tenho comigo que, do jeito que está o campeonato hoje, com 72 pontos consegue o título, essa é a conta que eu faço, mas isso (essa projeção) vai se definir mesmo faltando oito rodadas. Não acredito que alguém vai ser campeão com 80 (precisando atingir esta pontuação), pelos resultados que já aconteceram. Amanhã talvez eu já mude (minha projeção), mas hoje acho que com 72 (um time) é campeão."

O Corinthians lidera o Brasileirão com 36 pontos, com aproveitamento de 85,7%. Além disso, o time de Parque São Jorge não perde há 28 jogos consecutivos, a quarta maior marca da história do clube, atrás apenas das obtidas em 1956 (29 jogos), 1936/1937 (31 jogos) e 1957 (37 jogos).

O Corinthians voltará a campo pelo Brasileirão na próxima quarta-feira (19), às 21 horas, contra o Avaí, na Ressacada, em Florianópolis.
Renan Fernandes
Agência Estado
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO

VELOCIDADE - Para inglês ver

Em casa, Hamilton faz a festa, vê Ferrari sofrer com os pneus e fica apenas um ponto da liderança do campeonato

TÊNIS - Amor eterno

A lenda das quadras Roger Federer conquista o oitava título de Wimbledon e se torna o maior vencedor do Grand Slam londrino

TUBARÃO - Ataque de respeito

Grande problema do Londrina em 2016, sistema ofensivo deslancha e está entre os mais positivos do futebol brasileiro

De casa

"Entre um extremo e o outro, ainda prefiro uma equipe mais ofensiva mesmo que fique vulnerável lá atrás. Um time com poder de reação"

Coluna do PVC

O agravamento da crise no São Paulo tem a ver com decisões que tiram a confiança do elenco

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados
HOSPEDADO POR
Hospedado por Mandic