VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Esporte
19/06/2017
CAMPEÕES MUNDIAIS

Com sustos, Alemanha vence Austrália na estreia na Copa das Confederações

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

Yuri Cortez/AFP
Yuri Cortez/AFP

Mesmo com mais dificuldades do que se imaginava, a jovem seleção que a Alemanha levou para a Copa das Confederações estreou com vitória. Nesta segunda-feira, no Estádio Olímpico de Sochi, os atuais campeões mundiais superaram a Austrália por 3 a 2 no duelo que encerrou a primeira rodada da fase de grupos do torneio na Rússia.
PUBLICIDADE

A segunda rodada da chave da Alemanha, a B, será disputada na próxima quinta-feira. E em Kazan, os alemães vão encarar o Chile, que também venceu na estreia - superou Camarões por 2 a 0. Já a Austrália fará um duelo de seleções derrotadas com a equipe africana em São Petersburgo.

Diante da Austrália, a Alemanha, que optou por dar um descanso aos seus principais jogadores no evento-teste para a Copa do Mundo de 2018 e encarar a competição para avaliar as promessas do seu futebol, demonstrou boa produção ofensiva, mas acabou pecando pelas falhas do seu sistema defensivo, especialmente do goleiro Leno, o que provocou sustos desnecessários diante de um adversário que foi goleado por 4 a 0 pela seleção brasileira, mesmo sem a força máxima, em amistoso disputado na última semana em Melbourne.

O JOGO - O começo da partida entre Alemanha e Austrália praticamente se resumiu a um duelo de ataque contra defesa. E mesmo sem contar com os seus principais jogadores, apostando em jovens, a seleção alemã não encontrou problemas para ficar em vantagem na sua estreia na Copa das Confederações, liderada pelas boas atuações de Brandt, medalhista de prata na Olimpíada de 2016, e Draxler.

Assim, logo no seu primeiro ataque perigoso, a seleção campeã mundial abriu o placar. Aproveitando a fragilidade defensiva da Austrália, Brandt avançou pela direita e cruzou rasteiro para Stindl, que bateu de primeira para marcar em Sochi.

Ao menos inicialmente, o gol não diminuiu as ações ofensivas da Alemanha, o que dava a impressão de que venceria com facilidade. E a equipe poderia ter ampliado a sua vantagem em várias oportunidades, como aos 15 minutos, quando Goretzka cruzou e Sandro Wagner cabeceou para fora.

Já aos 21, Brant avançou pela direita, passou pelo seu marcador e finalizou para ótima defesa de Mat Ryan. E o jovem do Bayer Leverkusen voltou a parar no goleiro australiano aos 27 minutos, quando finalizou de fora da área, colocado.

Mas tanta facilidade no ataque parece ter desconcentrado a Alemanha. O alerta para a equipe veio aos 36 minutos, quando Sainsbury apareceu livre na grande área após cobrança de falta da intermediária, mas cabeceou de fora da área.

O apagão defensivo voltou a se repetir aos 40, e com uma dose de azar. Dessa vez a Austrália aproveitou com Rogic, que avançou pelo meio e finalizou de fora da área duas vezes - na primeira, a bola parou em um adversário - para superar o goleiro Leno, que falhou no lance, e empatar o jogo.

Só que a resposta alemã acabou sendo imediata, pois Goretzka foi derrubado na grande área por Luongo. Aos 43 minutos, Draxler deslocou o goleiro australiano e levou a Alemanha a ir em vantagem de 2 a 1 ao intervalo.

Assim como no primeiro tempo, a Alemanha marcou um gol logo nos minutos iniciais. E ele saiu aos dois, depois que Kimmich acionou Goretzka no lado direito da grande área. O jogador do Schalke 04 não desperdiçou a oportunidade e finalizou às redes.

A partida parecia sob controle da Alemanha, mas a sua defesa voltou a falhar, com Leno. Após cobrança de falta, Rogic finalizou e a bola desviou em Juric, atrapalhando o goleiro, que não conseguiu fazer a defesa. O próprio Juric ficou com a bola a empurrou para as redes. Os alemães reclamaram que o desvio em Juric foi intencionalmente com o braço e que o jogador poderia estar impedido, o que levou o juiz Mark Geiger a acionar o árbitro de vídeo. E o gol acabou sendo validado aos dez minutos.

O gol empolgou a Austrália, que passou a ousar, sendo mais ofensiva, em busca do empate. E quase conseguiu aos 27 minutos, quando finalização de Troisi de fora da área deu trabalho a Leno, que fez boa defesa.

O avanço australiano também dava espaços para a Alemanha, que mesmo sem repetir o brilho do início do jogo, até pelas alterações realizadas pelo técnico Joachim Löw, teve chances para marcar, como aos 29, com Werner, que fez bela jogada individual e parou na trave.

A Austrália, então, tentou esboçar uma pressão nos minutos finais, mas os alemães conseguiram valorizar a posse de bola e se defenderam bem, assegurando a vitória no seu jogo de estreia na Copa das Confederações.

FICHA TÉCNICA:
AUSTRÁLIA 2 x 3 ALEMANHA

AUSTRÁLIA - Ryan; Wright, Degenek e Sainsbury; Milligan, Mooy, Luongo (Kruse) e Rogic (Troisi); Leckie, Juric (Tim Cahill) e Behich. Técnico: Ange Postecoglou.

ALEMANHA - Leno; Kimmich, Mustafi, Rüdiger e Jonas Hector; Rudy, Stindl (Emre Can), Brandt (Süle), Goretzka e Draxler; Sandro Wagner (Werner). Técnico: Joachim Löw.

GOLS - Stindl, aos quatro, Rogic, aos 40, e Draxker, aos 43 minutos do primeiro tempo; Goretza, aos dois, e Juric, aos dez minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Mark Geiger (Estados Unidos).

CARTÕES AMARELOS - Sainsbury (Austrália) e Goretzka (Alemanha).

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 28.605 espectadores.

LOCAL - Estádio Olímpico de Sochi, em Sochi (Rússia).
Leandro Silveira
Agência Estado
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO

COPA DAS CONFEDERAÇÕES - Apimentado

Com gol anulado por tecnologia, Portugal não consegue segurar vantagem e México arranca empate nos acréscimos

Ruim de ver

Após briga de torcida, Corinthians empata com Coritiba e pode perder liderança do Brasileiro nesta segunda

REVÉS NO MORUMBI - Cantou de Galo

Lucão falha, defesa bobeia e Atlético Mineiro impõe primeira derrota, em casa, ao São Paulo

FLA-FLU - Corrida até o fim

Lateral peruano marca aos 49 do segundo tempo e Flamengo empata com o Fluminense no Maracanã após ficar atrás do placar por duas vezes

VÔLEI - Para o alto e avante

Brasil bate Sérvia, se reabilita e fecha primeira fase da Liga Mundial como vice-líder

SÉRIE B - Mala cheia

Tubarão retorna de Maceió com um dos melhores ataques da competição nacional e com o centroavante Jonatas Belusso na liderança da artilharia após o "hat-trick"

ASSISTA AOS VÍDEOS

Apesar dos problemas, LEC quer sequência de vitórias para embalar na Série B

Saiba das dúvidas e alternativas do Londrina para o jogo desta terça-feira (20) contra o Criciúma, no Café. Em caso de vitória, o Tubarão pode entrar no G4

De casa

"Ainda não sei se é melhor do que o de 2016, mas acertou demais em três contratações pontuais"

Coluna do PVC

O Corinthians ainda é um time que sabe qual é sua base, e o Palmeiras é um que muda a cada rodada

- VERDÃOFonte de gols

Palmeiras faz quatro, supera o Bahia em Salvador e soma primeiros pontos fora de casa no Brasileiro

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados