VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso gratuito ao
conteúdo Folha de Londrina
   ou   
para ter acesso ao melhor conteúdo do Estado.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Sábado, 24 de Setembro de 2016
Esporte
05/10/2012

César Sampaio iniciou negociação com Alex

De saída do Fenerbahçe, meia pode ser a principal contratação do Alviverde para a próxima temporada

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois
AFP Photo/Yasuyoshi Chiba
Com dores, Valdivia (esquerda) vem jogando no sacrifício

São Paulo - O gerente de futebol César Sampaio revelou nesta quinta-feira que o Palmeiras já abriu negociação com o meia Alex. O dirigente afirmou que teve uma conversa com o jogador, seu ex-companheiro de time no próprio Palmeiras, assim que o meia deixou o Fenerbahçe, nesta semana.
"Falei com ele. Não formalizamos proposta, mas oficializamos o interesse. Ele já conhece o clube, tem uma identificação enorme e já sabe o quanto o queremos, tanto o clube quanto a torcida", revelou Sampaio, que evitou criar expectativas sobre a chegada do reforço. "Como profissional, ele disse que precisa primeiro resolver questões da parte burocrática e familiar. Ele disse que ficou lisonjeado com o interesse do Palmeiras, mas não sinalizou com nada ainda", declarou.
Sampaio, contudo, indicou uma possível acerto para 2013, quando o time voltará a disputar a Copa Libertadores. "A negociação com o Alex já é um início do projeto 2013. É algo importante, que vai agregar muito, e por isso estamos tratando esse assunto com muito carinho, mesmo tendo consciência que o objetivo é continuar buscando a recuperação no Campeonato Brasileiro".
O gerente acredita que seu relacionamento com Alex e a proximidade do jogador com o técnico Gilson Kleina podem facilitar a negociação. Alex jogou junto com Sampaio na conquista da Libertadores de 1999 e tem em Kleina um dos seus padrinhos de casamento.
"Não é o ponto crucial, mas pode interferir, sim. É um ambiente onde ele tem identificação, tem afinidade com os membros da parte diretiva, administrativa e esportiva. São pontos positivos, mas a vinda dele depende de uma somatória de fatores. A gente está bem esperançoso e quero muito que ele venha jogar aqui e que o Palmeiras tenha êxito nesta contratação", declarou Sampaio.
Árbitro
A diretoria do Palmeiras protocolou ontem pedido formal para que a CBF troque a arbitragem do clássico com o São Paulo, a ser disputado neste sábado, no Morumbi. O Palmeiras quer a substituição do árbitro Paulo César de Oliveira.
Em ofício dirigido à Comissão de Arbitragem, o clube lista os supostos erros do juiz em partidas do Palmeiras em diferentes campeonatos. Segundo a diretoria jurídica, Paulo César marcou 11 pênaltis contra o time e expulsou 17 jogadores palmeirenses em 29 jogos nos últimos nove anos.
"Não achamos o Paulo César mal intencionado, mas é um acinte ao bom senso a escolha dele mediante os erros cometidos contra o Palmeiras há mais de uma década", afirmou o diretor jurídico Piraci de Oliveira. "É provado que o Paulo César possui um histórico infeliz contra o Palmeiras. Faltou bom senso nessa escolha", reforçou o vice-presidente de futebol, Roberto Frizzo.
Agência Estado
Continue lendo
13
Continue Lendo
Assine a Folha de Londrina
EDITORIAS
PolíticaGeralMundoCidadesEconomiaEsporteFolha 2OpiniãoFolha MaisEleições 2016Índice de Notícias
SEÇÕES
ChargeColunistasIndicadoresTempoHoróscopoEdição DigitalGaleria de FotosClassificadosCadernos EspeciaisPromoçõesLoterias
SEMANAIS
ReportagemFolha GenteCarro & CiaImobiliária & CiaSaúdeEmpregos & ConcursosFolha CidadaniaNorte PioneiroCasa & ConfortoMercado DigitalFolha da SextaFolha Rural
CLASSIFICADOS
VrumLugar CertoFolha ClassificadosDiversos
SERVIÇOS
ComercialArquivoCapa do ImpressoExpedienteClube do AssinanteFale ConoscoAviso LegalPolítica de PrivacidadeTrabalhe ConoscoQuem SomosGuia GastronômicoAssine Já!
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados