VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Economia
10/11/2017
INVESTIMENTOS EM LONDRINA

Positivo mira expansão em outros estados

São Paulo, Centro-oeste e Região Sul estão nos planos da empresa, que não descarta novos investimentos em Londrina

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

O Grupo Positivo, que comprou duas instituições de ensino este ano em Londrina, não descarta a possibilidade de novas aquisições na cidade. Também estão na mira do grupo, investimentos em outras regiões do País. "Estamos olhando outras praças. O Paraná é uma prioridade, mas não descartamos São Paulo, Centro-oeste e Região Sul", afirmou Lucas Guimarães, vice-presidente do Grupo Positivo.
PUBLICIDADE

O Positivo não comenta os valores das negociações para compra da Faculdade Arthur Thomas e da Escola Berlaar Santa Maria, mas em 2017, o investimento total do grupo foi em torno de R$ 90 milhões. A previsão de faturamento é de R$ 1 bilhão. O vice-presidente afirmou que a empresa é prudente nas aquisições para não dar um passo maior do que a perna. "Vimos no mercado muita agressividade não queremos diluir a nossa qualidade pedagógica no crescimento, por isso somos ponderados para fazer as adquisições", disse.

No ano passado, a empresa teve um crescendo de 8% no número de alunos nas unidades de Curitiba. Nas demais unidades, ficou estável. A duas novas unidade de ensino (básica e superior) em Londrina contam com 2.300 alunos.

De acordo com Guimarães, o grupo ainda está fazendo o planejamento do ano que vem e não detalhou qual deve ser a estratégia para ampliar o número de alunos em Londrina. "É uma praça nova e precisamos entender bem o mercado. Mas vamos buscar o posicionamento em nível de serviço", disse.

Segundo ele, o Positivo está estudando o mercado local para adaptar os serviços e as soluções a realidade da cidade. "Londrina é um mercado de um tamanho interessante, tem espaço para um posicionamento e tem concorrentes que entendemos adequados à nossa realidade. É uma praça saudável", avaliou o vice-presidente.

Ele ressaltou que pesquisas mercadológicas mostraram que a marca tem uma presença interessante na cidade. "Percebemos que a marca não é uma ilustre desconhecida", disse. O Positivo conta com três unidades de cursos pré-vestibulares (Curitiba e Joinville), sete colégios (Curitiba, Joinville e Londrina), oito faculdades (Curitiba e Londrina) e deve fechar 2017 com 36 polos de EAD (Ensino à Distância).
Aline Machado Parodi Reportagem Local
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO
FREIO PUXADO

PIB per capita cai 4,3% e registra o maior recuo em 19 anos

PIB per capita cai 4,3% em 2015 e registra o maior recuo em 19 anos

BUROCRACIA

Relator confirma contribuição mínima em 15 anos

Relatório da reforma da Previdência que havia sido aprovado em comissão previa que fosse aumentado o tempo mínimo de contribuição para 25 anos

NOTA LONDRINA

Contribuintes podem utilizar os créditos até 30 de novembro

O saldo liberado poderá ser destinado a Fundos Municipais de Políticas Públicas ou para abatimento do valor do IPTU 2018

RECONHECIMENTO

Grupo Folha conquista o Top de Marcas

Folha de Londrina e Portal Bonde são os mais lembrados pelos londrinenses nas categorias jornal e portal de notícias

MERCADO FINANCEIRO

Câmbio tem leve alta com impasse sobre Previdência

MÉTODO DE INSERÇÃO

Temer: explicar para aprovar

CONSULTORIA CONTÁBIL

Reforma trabalhista começa a vigorar com ressalvas da Justiça do Trabalho

VEM AÍ...

Aguardado, 13º pode injetar R$ 11 bilhões no Paraná

Benefício pode injetar R$ 11 bilhões na economia paranaense, mas guardar parte do dinheiro é sempre recomendável

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados
HOSPEDADO POR
Hospedado por Mandic