VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Economia
CARTEIRA ASSINADA

Comércio perdeu 239 vagas formais de emprego em março

Em 12 meses, Londrina registra uma retração de 2,5% na geração de emprego

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

Marcos Santos
Marcos Santos - O Paraná teve um desempenho positivo com a criação de 1.126 novas vagas
O Paraná teve um desempenho positivo com a criação de 1.126 novas vagas


O comércio foi o setor que mais fechou vagas em Londrina no mês de março, de acordo com os número do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta quinta-feira pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). O varejo perdeu 239 vagas, seguido pelo setor de serviço (-120) e indústria de transformação (-16).
PUBLICIDADE

A retração do emprego foi de 0,32% em março. No acumulado dos 12 meses, Londrina registra um saldo negativo de 2,50%. De acordo com o presidente da Associação Comercial e Indústrial de Londrina (Acil), Cláudio Tedeschi, apesar do saldo negativo do comércio, mostra um início de recuperação do emprego. "É um volume razoável, que mostra uma desaceleração do desemprego", disse.

O Paraná teve um desempenho positivo com a criação de 1.126 novas vagas. O saldo foi puxado pela indústria de transformação que teve variação de 1.926 vagas em março. O pior desempenho foi do comércio (-1.227), seguido da construção civil (-445).

O Brasil perdeu 63.624 vagas formais de emprego. No trimestre, o Brasil registra fechamento líquido de 64.378 empregos. Em março do ano passado, o saldo foi negativo em 118.776 vagas.

Leia a matéria completa na edição desta sexta-feira (21).
Aline Machado Parodi Reportagem Local
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO

Aumenta número de roubo de carga no Paraná

Pesquisa da federação dos transportes mostra avanço de 20% nas ocorrências no primeiro trimestre

Empreendedorismo cresce em Londrina no primeiro trimestre

O número de MEIs registrou acréscimo de 15,76% no Estado, comparado com o primeiro trimestre de 2016

PESQUISA

Famílias de classes A e B têm menor perspectiva de consumo em abril

Apesar disso, confiança dos paranaenses aumenta 11,7% na variação anual

Mercado financeiro

Dólar sobe com queda do petróleo e preocupação com a Previdência

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados
HOSPEDADO POR
Hospedado por Mandic