VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Economia
08/10/2014

Anfavea quer acordo com a Colômbia para abrir mercado

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

Brasília - O setor automotivo apresentará em novembro uma proposta para um acordo automotivo entre Brasil e Colômbia, informou ontem o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan. "Estamos trabalhando na abertura de novos mercados, especialmente com a Colômbia. Eu acredito que ainda em novembro possamos apresentar para os dois governos uma proposta do setor privado", disse.
PUBLICIDADE

Moan esteve ontem no Ministério da Fazenda, em Brasília, para reunião com o secretário de Política Econômica, Márcio Holland. A reunião, segundo ele, foi um encontro rotineiro, de apresentação dos dados conjunturais do setor.
Com a crise cambial na Argentina e a redução do comércio com o principal parceiro comercial do Mercosul, as montadoras brasileiras têm enfrentado dificuldades. Por isso, o setor busca novos mercados.
A negociação com a Colômbia se mostra a mais avançada e promissora até o momento. A Anfavea espera fechar um acordo até o fim de 2014. Esse acordo traria uma redução da tarifa de importação dos automóveis na tentativa de estimular a atividade das montadoras.
Os dados mais recentes da balança comercial brasileira, que encerrou setembro com o pior resultado para setembro em 16 anos, mostram que as vendas totais brasileiras aos argentinos recuaram 39,7% na comparação com setembro do ano passado. Além disso, segundo o governo brasileiro, 77% da queda das exportações de manufaturados de janeiro a setembro está relacionada à Argentina.
Laís Alegretti
Agência Estado
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO

FMI reduz a 0,3% previsão de crescimento do Brasil

País deve ter uma das menores taxas de crescimento em 2014 entre os principais emergentes

Estatais chinesas mostram interesse pelo Arco Norte

Empresas estudam pagar por análise de viabilidade econômica para projeto e até investir na construção e administração do complexo em Londrina

Vendas de motocicletas caem 18,8% em setembro

No mês passado, foram comercializadas 116.639 unidades no Brasil, contra 143.570 em 2013 na mesma base de comparação

Emater e Embrapa firmam parceria para divulgar MIP

Assistência técnica ajudará produtores paranaenses a implantar Manejo Integrado de Pragas na safra 2014/15

Semana do empreendedor

Evento reúne grandes nomes do marketing digital em Londrina

Semana do Empreendedor Digital, promovida pela ACIL, é o maior evento da área de Marketing Digital em Londrina

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados