VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Cozinha & Sabor
14/04/2017

Tilápia faz bonito na mesa

Com preço mais em conta que o bacalhau,o peixe de água doce é uma boa alternativa para as confraternizações da Semana Santa

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

Fotos: Saulo Ohara
Fotos: Saulo Ohara - O sabor delicado da tilápia adapta-se bem a temperos suaves como as ervas naturais que apenas raessaltam seu sabor
O sabor delicado da tilápia adapta-se bem a temperos suaves como as ervas naturais que apenas raessaltam seu sabor


O bacalhau é o prato oficial da Sexta-feira da Paixão. Mas quem não teve tempo de pensar em alguma receita sofisticada com o nobre peixe para as confraternizações familiares que celebram o período de Páscoa tem a tilápia outra opção prática, saborosa e com um custo bem menor.
PUBLICIDADE

Segundo peixe mais consumido no mundo, a tilápia tem o Brasil como seu principal produtor. "Dentro do País, o Paraná é o Estado que concentra a maior produção deste peixe de água doce. Por ter um sabor muito suave, a tilápia ficou conhecida como o frango d´água e pode ser usada como ingrediente de vários pratos da culinária mundial", destaca Petra Wagner, proprietária da Onix Peixes, loja especializada que oferece 20 cortes diferentes de tilápia.

A nutricionista Valéria Mortara destaca que "a tilápia é uma ótima fonte de proteína e, ao contrário do frango, corre menos risco de receber aditivos químicos e hormônio". E para garantir os valores nutricionais do peixe ela aconselha a comprar produtos de boa qualidade e de procedência conhecida. "Também é importante observar as condições de armazenamento. Uma boa dica é verificar se existem cristais de gelo na embalagem, pois eles são indícios de que em algum momento o peixe sofreu descongelamento. Em casa, a tilápia também deve sempre ser mantida refrigerada", orienta.

Quanto ao preparo do peixe, Valéria sugere usar temperos leves. "A tilápia tem um sabor bastante delicado, então não vale a pena usar ingredientes fortes e sim ervas naturais que realcem essa características. Assim como qualquer peixe, a tilápia não deve ficar em contato o limão por muito tempo, senão a carne ficará curtida. O ideal é temperar a carne poucos minutos antes de levá-la ao fogão ou forno", aconselha.

Um erro comum dos consumidores em relação à tilápia apontado pela nutricionista é degustar a tilápia quase sempre frita. "Como trata-se de um peixe muito versátil, a carne da tilápia pode ser usada como alternativa de ingrediente para uma infinidade de receitas", afirma, citando como exemplo o filé de peixes com legumes que preparou com exclusividade para a Folha. "É uma receita simples, de rápido preparo, rica em nutrientes e que pode ser consumida em refeições do dia a dia", ressalta.

Valéria acredita que o pouco consumo de peixe entre os brasileiros se deve à falta de educação alimentar. "É preciso educar o paladar para sabores mais sutis. Muitas mães afirmam que não introduzem o peixe na alimentação dos filhos por medo que as crianças ingiram espinhos. O filé de tilápia não oferece este risco e é uma ótima opção para incentivar o consumo de peixe desde a infância", argumenta.

RECEITA

Ao ser retirado do forno, o prato deve ser regado com suco de limão, para finalizar polvilha-se com salsinha
Ao ser retirado do forno, o prato deve ser regado com suco de limão, para finalizar polvilha-se com salsinha

Filé de peixe com tomates

Ingredientes
3 filés padrão de tilápia
Sal e pimenta do Reino
2 colheres de azeite
¼ de pimentão amarelo, cortado em tirinhas
1 cebola pequena fatiada
3 tomates grandes e maduros, sem pele e sem semente
3 dentes grandes de alho
1 cenoura pequena, ralada
1 folha de louro
1 pitada de canela em pó
1 limão
½ xícara de salsinha picada

Modo de preparo
Seque bem os filés de peixe, tempere com sal e pimenta e arrume lado a lado em um refratário untado com ½ colher do azeite. Reserve. Em uma frigideira alta, refogue a cebola, a cenoura e o pimentão no restante do azeite, até que comecem a dourar. Junte o alho, e refogue mais um pouco. Adicione o louro, a canela e os tomates picados, tempere com sal, junte 50 ml de água e ferva até ter um molho encorpado. Retire a folha de louro. Este molho pode ser feito com antecedência, caso queira. Despeje o molho sobre o peixe, polvilhe metade da salsinha e leve ao forno alto (250 graus) por 20 minutos, ou até que consiga separar o peixe com um garfo. Retire do forno, regue com mais ou menos 2 colheres de suco de limão, polvilhe o restante da salsinha e aguarde 5 minutos para servir.

Marcos Roman
Reportagem Local
NOTÍCIAS RELACIONADAS
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados
HOSPEDADO POR
Hospedado por Mandic