VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Folha 2
12/09/2017

Bagunça alheia

'O Gatola da Cartola', obra infantil de Dr. Seuss, traz confusões e atrapalhadas para um dia de chuva

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

Imagens: Reprodução
Imagens: Reprodução


Existem dias em que a chuva acaba com as brincadeiras. Não dá para jogar bola no quintal, não dá para andar de bicicleta, não dá para empinar pipa. Você não pode nem pensar em brincar com água. Muito menos pensar em piscina.
PUBLICIDADE

Não existe saída para os dias de chuva. E ficar dentro de casa, sentado no sofá, esperando a água parar de cair, pode ser bem chato.
Nesses dias de chuva, para eliminar a chatice, basta chamar o Gatola, um gato especialista em brincadeiras dentro de casa. Brincadeiras que podem deixar qualquer mãe de cabelo em pé.
Personagem criado pelo escritor e ilustrador norte-americano Dr. Seuss, Gatola é aquela figura que possui furacão no corpo. Em minutos, é capaz gerar uma bagunça digna de gigantes.
As bagunças de Gatola nasceram no livro "O Gatola da Cartola", publicado originalmente em 1957. A obra chega às livrarias na próxima semana com uma nova tradução realizada pela poeta Bruna Beber. Em edição bilíngue, o livro sai pela editora Companhia das Letrinhas.
Clássico da literatura infantil norte-americana, "O Gatola da Cartola" (The Cat in The Hat), traz a história, em versos rimados, de dois irmãos que num dia de chuva precisam descobrir um jeito de brincar dentro de quatro paredes.
Na ausência da mãe, recebem a visita do Gatola, que promete brincadeiras e diversão garantida. Em poucos minutos o gato instaura o caos da bagunça por toda a casa.
Quando os irmãos pensam que a situação não poderia piorar, Gatola liberta dois monstrinhos chamados Coisa 1 e a Coisa 2.
Em nome da brincadeira e da diversão sem limites, os dois monstrinhos tiram tudo de lugar, derrubam objetos, arruínam móveis, destroem tudo que encontram pela frente. Ou seja, colocam a casa de pernas para o ar.
Quando percebem que a mãe está chegando, os dois irmãos compreendem que estão enrascados. E tomam uma atitude.
A solução aparece numa mágica máquina criada por Gatola: a máquina de arrumar bagunça. Aquele tipo de equipamento que toda criança gostaria de ter em casa. Capaz de resolver todos os problemas de ordem e de organização imposta pelo mundo adulto.
Dr. Seuss (1904 – 1991), autor capaz de inúmeros jogos de palavras, brinca com aquela figura divertida que entra em sua casa, realiza a maior das bagunças, e simplesmente cai fora. Como se nada tivesse acontecido. E fatalmente recai sobre suas costas a missão de arrumar, sozinho, toda a bagunça.



Serviço:
"O Gatola da Cartola"
Autor – Dr. Seuss
Editora – Companhia das Letrinhas
Tradução – Bruna Beber
Páginas – 80
Quanto – R$ 39,90
Marcos Losnak
Especial para a Folha2
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO

Literatura para alfabetizar

Projeto Trilhas possibilita a formação do professor no processo de alfabetização por meio da literatura

LEITURA DO MUNDO

O que você acha que os políticos fazem?

O novo caldeirão do bruxo albino

Após um hiato de 15 anos, o compositor e instrumentista Hermeto Pascoal lança o CD duplo "No Mundo dos Sons"

PONTO DE VISTA - Censura de ocasião

Não dá para limitar as escolhas individuais de visitar essa ou aquela exposição, ler ou não um livro

Escola Aprendiz abre inscrições

Programa tem 15 vagas disponíveis; jovens passarão por curso de Assistente Administrativo na Indústria

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados
HOSPEDADO POR
Hospedado por Mandic