VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Quinta-feira, 25 de Maio de 2017
Cidades
05/05/2009

SEXO E COMPORTAMENTO

Ciúme patológico

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

Falar de ciúme não é tarefa fácil, costuma-se vincular este sentimento ao amor. E o que é amor? Algo que nos torna vulneráveis à dor da perda? Mas perda está intrinsecamente ligada à posse. O amor é da ordem dos sentimentos, do ser e existir, não se possui, simplesmente sente-se.
Estimulados pela possibilidade da perda os amantes partem para a sedução, dispõem dos mais variados artifícios para manter a relação. Entretanto, existem muitos sentimentos nos quais se apóiam o ciúme, dos comuns aos mais complexos, e poucas vezes podem ser elaborados pelo ciumento. Um deles é o sentimento de posse. Não basta viver o amor, é preciso possuir o outro, seus pensamentos e sonhos. Criam-se fantasias de traição, ameaça, vindas de todos os lados.
O comportamento do ciumento, geralmente, não se funda na realidade e nos remete há duas questões: Para quem olha o ciumento? Como anda sua autoestima?
Muitas vezes o ego está em foco. Autoestima rebaixada, a vaidade ferida e a angústia por ter sido trocado por outra pessoa pode doer mais do que a perda em si e raramente é percebido.
A angústia da suposta perda ou da perda em si, da rejeição, pode ultrapassar o limite do suportável, causando graves prejuízos na existência das pessoas envolvidas. É o considerado ciumento delirante.
Surgem restrições na sociabilidade, no campo profissional e familiar, privilegiando o isolamento do casal. Brigas, conflitos e desentendimentos implicam constrangimento, compromete o desenvolvimento das pessoas envolvidas, suas atividades e relações com o mundo.
O ciúme, culturalmente intrínseco ao amor, é frequentemente justificado e legitimado como álibi para comportamentos hostis, como maus tratos, violência e até mesmo para o crime; pode camuflar as diversas faces do narcisismo.
Imperativo lembrar que o ciúme exacerbado aparece progressivamente, numa escala do normal ao patológico, em intensidade, variações diversas, e não raro foge à realidade. Envolve angústias, mudanças de comportamento, busca por confirmação das suspeitas, provas da traição, sentimentos de perseguição e ameaça. O sofrimento pode comprometer a saúde do ciumento.
Para as pessoas que sofrem de ciúme exacerbado e reconhecem em si tais oscilações de humor e comportamentos recorrentes, o processo psicanalítico pode favorecer efetiva e significativamente suas vidas, a partir de uma análise apurada sobre questões pessoais como: autoimagem, autoestima, baixa tolerância a perdas e frustrações, confiabilidade, dificuldade e habilidades do pensamento, que promovem tais dissonâncias emocionais e resultam nessa rede de sentimentos e comportamentos prejudiciais. As questões do ciúme estão muito mais ligadas à pessoa que o sente do que ao objeto do ciúme.
Anaí Licia Couto - psicóloga
Continue lendo
34
Continue Lendo
2-1-30-954-20090505
2-1-30-943-20090505
2-1-37-944-20090505
2-1-37-945-20090505
2-1-30-955-20090505
2-1-30-956-20090505
2-1-30-957-20090505
2-1-30-959-20090505
2-1-37-960-20090505
2-1-30-961-20090505
2-1-30-974-20090505
2-1-30-988-20090505
2-1-30-1008-20090505
2-1-30-1011-20090505
2-1-30-1012-20090505
2-1-30-1024-20090505
2-1-30-1033-20090505
2-1-30-1161-20090505
2-1-30-1316-20090505
2-1-30-1317-20090505
2-1-30-962-20090505
2-1-30-963-20090505
2-1-30-964-20090505
2-1-30-965-20090505
2-1-30-966-20090505
2-1-30-967-20090505
2-1-30-968-20090505
2-1-30-975-20090505
2-1-30-982-20090505
2-1-30-983-20090505
2-1-30-1036-20090505
2-1-30-1038-20090505
2-1-30-1042-20090505
2-1-30-1327-20090505
Assine a Folha de Londrina
EDITORIAS
PolíticaGeralMundoCidadesEconomiaEsporteFolha 2OpiniãoFolha MaisEleições 2016Índice de Notícias
SEÇÕES
ChargeColunistasIndicadoresTempoHoróscopoEdição DigitalGaleria de FotosClassificadosCadernos EspeciaisPromoçõesLoterias
SEMANAIS
Folha GenteCarro & CiaImobiliária & CiaSaúdeEmpregos & ConcursosFolha CidadaniaNorte PioneiroMercado DigitalFolha RuralReportagemCozinha & Sabor
CLASSIFICADOS
VrumLugar CertoFolha ClassificadosDiversos
SERVIÇOS
ComercialArquivoCapa do ImpressoExpedienteClube do AssinanteFale ConoscoAviso LegalPolítica de PrivacidadeTrabalhe ConoscoQuem SomosGuia GastronômicoAssine Já!
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados